Patrícia Amorim diz que prioridade é salvar os três jovens que seguem feridos

Ex-presidente do Flamengo e atual subsecretária de esportes da cidade do Rio de Janeiro, Patrícia Amorim se pronunciou sobre a tragédia no CT do Ninho do Urubu e disse que a prioridade é salvar os três jogadores da base que seguem feridos.

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação

Em entrevista ao Sportv, Amorim disse que a tragédia no CT foi uma fatalidade.

“Apenas falam que conseguiram sair e ajudar alguns companheiros. Os garotos estão muito traumatizados. Foi uma fatalidade, nesse momento o sentimento é salvar esses três para que eles possam voltar a jogar que é o que gostam de fazer. Espero que se recuperem bem e fiquem fortes. Vamos ajudar as famílias que perderam esses meninos, um sentimento de extrema solidariedade.”

Dos três feridos na tragédia, dois estão estáveis e um está em estado grave. Jhonatan Cruz Ventura teve 40% do corpo queimado e será transferido do Hospital Lourenço Jorge para o Hospital Pedro II.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Vários clubes e personalidades se solidarizaram com a tragédia no CT do Flamengo.

Leia mais:
Love explica gol perdido no primeiro tempo de Ferroviário x Corinthians

Corinthians reclama de gramado “fofo e pesado” do Estádio do Café

Jardine admite pressão no São Paulo e pede mobilização para o jogo de volta contra o Talleres