Torcedores – Notícias Esportivas

Série da Netflix não terá bastidores de Mercedes e Ferrari

Fãs da Fórmula 1 vivem com curiosidade por saber como é a vida dentro dos paddock. A Netflix já divulgou que irá exibir uma série sobre a principal categoria do automobilismo. Contudo, Mercedes e Ferrari ficarão de fora do documentário.

Juvenal Dias
Jornalista formado pela Universidade P. Mackenzie/SP desde 2013. Atuo na área esportiva desde 2010, quando ingressei no Diário Lance! Lá permaneci por seis anos e tive oportunidade de fazer parte da cobertura dos Jogos Olímpicos Rio-2016. Desde 2017 sou colaborador do Surto Olímpico. Já fui também do Bola Parada. Estou no Torcedores desde meio de 2018.

Crédito: Captura de imagem. Série mostrará bastidores de 8 das 10 equipes da Fórmula 1

“Drive to Survive” foi anunciado na semana passada como uma nova série da Netflix. Trata-se de um documentário dividido em 10 episódios que contará a temporada 2018 da Fórmula 1. Porém, mesmo antes da série estrear no dia 8 de março, uma decepção já vem no pacote. A equipe de produção não teve acesso aos bastidores de Mercedes e Ferrari, as duas principais equipes do momento. Então, quem sonhava em ver garagens e áreas exclusivas de cada escuderia, terá de se contentar com as demais oito equipes.

O produtor executivo da série, Paul Martin, concedeu uma entrevista à Associated Press e lamentou: “Mercedes e Ferrari queriam operar em termos diferentes do resto das equipes. Nós, como produtores, e a Netflix como plataforma de transmissão, não nos sentíamos à vontade com isso. Seria tudo ou nada. E se esses termos foram bons o suficiente para os outros oito times, deveriam ter sido bons o suficiente para a Mercedes e a Ferrari também. Minha opinião é que eles fizeram um leve desserviço aos fãs e ao esporte por não participarem”.

A Mercedes foi a única a se pronunciar sobre o caso. Ela alegou que disputar o título é algo que consome todo o foco da equipe. E que a decisão de não abrir suas portas foi pensada na maximização do desempenho.

Se haverá essa restrição, por outro lado, as declarações de Paul podem empolgar quem está aguardando a série. “Tivemos a sorte de que times como Red Bull, Renault, Haas e os outros nos deram um acesso fabuloso aos bastidores. Eles despiram suas almas”, exaltou o produtor.

LEIA MAIS

“Formula 1: Drive to Survive” é a nova série da Netflix, anunciada hoje