Sobe ou desce? Veja times que se deram bem ou mal no meio de semana

A rodada do meio de semana terminou nesta quinta-feira (14) recheada de fortes emoções, gols e homenagens aos meninos do Flamengo que morreram no incêndio no CT do clube na última sexta-feira (8). Em campo, algumas equipes subiram nos quesitos qualidade e expectativa para a sequência da temporada, enquanto outras, por sua vez, caíram um pouco no conceito de seus torcedores.

Danielle Barbosa
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Alexandre Vidal / Flamengo

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

O Torcedores.com listou quem sobe e quem desce no futebol brasileiro após a rodada de estadual, Copa do Brasil, Sul-Americana e pré-Libertadores. Confira!

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

QUEM SOBE:

Fluminense:

O time ainda em formação comandado pelo técnico Fernando Diniz precisava de uma vitória sobre o poderoso Flamengo para garantir a classificação para a final da Taça Guanabara, e ela veio já nos acréscimos, após um erro individual de Arrascaeta, reforço mais caro da temporada.

Apesar do sufoco, o Fluminense teve uma atuação melhor durante os 90 minutos, sempre ao seu estilo de posse de bola e muitas trocas de passes, e conquistou a classificação com méritos com uma vitória por 1 a 0.

Vasco:

O Vasco, outro finalista da Taça Guanabara, derrotou o Resende por 3 a 0 na quarta-feira (13) e “só” confirmou o bom desempenho que vem tendo na temporada de 2019, o que elevou ainda mais o nível da equipe, apesar de ter enfrentado um adversário inferior.

Se em campo já foi tudo ótimo para o Gigante da Colina, fora dele, a ação de estampar a bandeira do maior rival, o Flamengo, como forma de homenagem às vítimas do incêndio no CT do clube Rubro-Negro na última semana, também chamou atenção e dignificou ainda mais a classificação da equipe para a final.

Botafogo:

A equipe comandada por Zé Ricardo, após um começo de temporada complicado, ficando fora da semifinal da Taça Guanabara, vem em um processo de recuperação e nesta quarta-feira (13) derrotou o Campinense por 2 a 0 e garantiu a classificação para a próxima fase da Copa do Brasil.

Atlético-MG:

Apesar do sufoco e do placar apertado de 3 a 2, após um empate por 2 a 2 no jogo de dia, no Uruguai, o Atlético-MG garantiu classificação para a próxima fase da pré-Libertadores sobre o Danúbio na terça-feira (12) com mais uma grande atuação do artilheiro Ricardo Oliveira. A equipe comandada por Levir Culpi agora enfrenta o Defensor, também do Uruguai, em busca de uma vaga na fase de grupos da competição.

QUEM DESCE:

São Paulo:

O São Paulo não vem bem desde o final da temporada passada, quando chegou a, inclusive, perder a vaga no G4 do Brasileirão depois de terminar o primeiro turno como líder da competição. Na quarta, o Tricolor não fez um bom jogo e não conseguiu reverter o placar de 2 a 0 conquistado pelo Talleres no jogo de ida, na Argentina, dando adeus ao sonho do tetracampeonato da Libertadores antes mesmo de chegar a fase de grupos.

Flamengo:

O estrelado time comandado por Abel Braga era o favorito no confronto contra o Fluminense, mas o que se viu em campo foi uma equipe jogando com o regulamento, que lhe dava a vaga na final da Taça Guanabara com apenas um empate. Os badalados reforços Gabigol, Rodrigo Caio e Bruno Henrique não tiveram uma boa atuação, enquanto Arrascaeta, que saiu do banco na metade do segundo tempo, perdeu o lance que terminou no gol do time das Laranjeiras.

Vitória:

Apesar de ainda viver um momento de reestruturação após o rebaixamento no Campeonato Brasileiro na temporada passada, o Vitória era favorito no confronto contra o Moto Club, pela Copa do Brasil, nesta quarta-feira, mas a equipe baiana foi surpreendida e derrotada por 2 a 0. Com o resultado, o time comandado por Marcelo Chamusca deu adeus à competição.

LEIA MAIS:
Seis jogadores que saem em alta do meio de semana no futebol