Jogadores do Flamengo visitam sobreviventes da tragédia no Ninho do Urubu

A equipe de futebol profissional do Flamengo voltou a treinar nesta segunda-feira (11) no CT do clube, em Vargem Grande, zona norte do Rio de Janeiro. Jogadores treinam para semifinal da Taça Guanabara, que será disputada nesta quinta-feira (14) contra o Fluminense. A tragédia no Ninho do Urubu vitimou dez atletas da divisão de base da equipe e outras três seguem internadas.

Joao Gabriel Tavares
Colaborador do Torcedores

Crédito: Facebook/ Reprodução

Já conhece o Fantasy Torcedores? Entre em http://fantasy.torcedores.com/ e escale seu time!

Nesta segunda-feira (11), após treino no CT George Helal, mesmo local do incêndio, alguns atletas da equipe profissional de futebol do Flamengo visitaram dois sobreviventes da tragédia. Diego Alves, Juan, Diego, William Arão, Rhodolfo, César, Nixon e Vitinho visitaram Cauan Emanuel e Francisco Dyogo. Cauan e Dyogo sobreviveram à tragédia que acabou com a vida de dez de seus companheiros de time. Os dois estão internados no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca.

Cauan Emanuel recebeu alta nesta segunda-feira (11) e deverá estar em casa nas próximas horas. Francisco Dyogo continua no CTI do hospital. Já Jhonata Ventura, de 15 anos segue em estado mais grave, no Hospital Pedro II, em Santa Cruz, zona norte do Rio de Janeiro. O atleta de 15 anos teve 35% do corpo queimado.

O incêndio atingiu contêineres localizados no estacionamento do CT George Helal, o centro de treinamento do clube. Localizado em Vargem Grande, ainda não se sabe exatamente as causas do incêndio, mas ao que parece um curto-circuito em um dos aparelhos de ar condicionado gerou uma explosão. Essa explosão teria feito com que outras explosões ocorressem e o fogo alastrou-se rapidamente. As vítimas eram atletas das divisões de base da equipe.

O corpo de Christian Emério, uma das dez vítimas, foi enterrado no domingo (10) no Cemitério de Irajá, na zona norte do Rio de Janeiro. Christian atuava como goleiro e era uma das novas promessas das divisões de base do rubro-negro. Arthur Vinícius, também vítima do incêndio, foi enterrado no sábado, em Volta Redonda.

Na segunda-feira (11) haverá reunião de trabalho entre Ministério Público, Prefeitura, Bombeiros, Polícia Civil, Defesa Civil e Ministério Público do Trabalho para discutir as causas da tragédia e o que deverá ser feito a partir de então.

LEIA MAIS

Quadro “Cavalinhos do Fantástico” faz homenagem às vítimas do incêndio no CT do Flamengo; veja

OPINIÃO: Incêndio no Flamengo e mais um dia triste no futebol

Incêndio no CT do Flamengo repercute na imprensa internacional; veja