Futebol

Novo reforço do Botafogo, Diego Souza chega ao seu nono dos 12 grandes clubes do futebol brasileiro

Publicado às

Adepto do jogo inglês, redator do PL Brasil. Apaixonado pelo estudo do esporte mais praticado no mundo.

Crédito: Reprodução/Twitter oficial do São Paulo

Nesta sexta-feira (08), o Botafogo anunciou a chegada do meia Diego Souza à equipe de Zé Ricardo.Emprestado ao São Paulo, o jogador chega ao nono grande clube no futebol brasileiro. Com isso, faltam apenas Corinthians, Internacional e Santos para o atleta completar a lista.

Diego Souza é o mais novo reforço do Botafogo para esta temporada. O meia chega ao clube por empréstimo do São Paulo. Com 33 anos, o atleta chega a sua 10ª equipe do futebol brasileiro, sendo que nove estão entre os grandes.

Para completar a lista, Diego Souza terá que jogar por Corinthians, Santos e Internacional. Revelado pelo Fluminense, o meia já atuou em todas as equipes do futebol carioca e do mineiro.

Veja como Diego Souza foi nas outras oito equipes!

Fluminense – O meia-atacante foi relevado no time das Laranjeiras em 2003, sendo vendido ao Benfica, de Portugal, dois anos depois. Voltou ao Fluminense em 2016, mas jogou apenas 9 partidas e se transferiu.

Flamengo – Sem entrar em campo pelo Benfica, o meia chegou foi emprestado a equipes brasileiras. O Flamengo pediu o empréstimo do jogador, que, com a camisa 10, ajudou a equipe a se livrar do rebaixamento no Brasileirão.

Grêmio – Na temporada seguinte, em 2007, o atleta foi novamente emprestado pelo time português. No Rio Grande do Sul, foi campeão do Estadual e vice da Libertadores da América.

Palmeiras – Após ser destaque no time gaúcho e ser comprado pela Traffic, Diego Souza foi parar no Palmeiras, com propostas definitivas do São Paulo e do Grêmio. Sob o comando de Vanderley Luxemburgo e ao lado de Valdívia, o jogador foi campeão do Paulista.

Atlético Mineiro – Após saída turbulenta no clube alviverde em 2010, o meia foi contratado pelo Atlético Mineiro. Fora de forma, rendeu apenas no final de 2010. Em 2011, passou a ser reserva no Galo e voltou ao Rio de Janeiro.

Vasco da Gama – No terceiro clube carioca, Diego Souza voltou a se destacar. Novamente como camisa 10 de uma grande equipe do futebol brasileiro, o meia foi campeão da Copa do Brasil no ano de sua chegada.

Cruzeiro – Após perder um lance primordial pelo Corinthians na Libertadores pelo Vasco e ser vendido pelo clube do Rio de Janeiro ao futebol árabe, Diego Souza chegou como reforço do Cruzeiro. Em Minas Gerais, marcou o primeiro gol do título do Campeonato Brasileiro de 2013, mas saiu na metade da temporada.

São Paulo –  Depois de voltar ao futebol brasileiro em duas passagens pelo Sport e uma pelo Fluminense, Diego chegou com chances de Seleção Brasileira no São Paulo. Foi um dos destaques no primeiro turno do clube no Brasileirão de 2018, mas caiu de rendimento e foi emprestado ao Botafogo.

Leia mais:

Mercado da Bola: Botafogo anuncia a contratação de Diego Souza, que usará número histórico na camisa

Marcinho elogia Diego Souza e valoriza junção de experiência e juventude no Botafogo