Confira um balanço dos brasileiros nos jogos de hoje (13) da Champions League

Os últimos classificados para as quartas de final da UEFA Champions League foram definidos nesta quarta-feira (13). O Liverpool de Roberto Firmino, Fabinho e Alisson bateu o Bayern na Alemanha por 3 a 1 e se tornou o quarto clube inglês garantido entre os oito melhores da Europa. Já o Barcelona de Arthur e Coutinho (que marcou um gol nesta quarta), atropelou o Lyon por 5 a 1. Veja um balanço do desempenho dos brasileiros nesta hoje (13) na Liga dos Campeões:

Luis Felipe Pereira
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: UEFA Champions League twitter oficial

Alisson – Liverpool

O goleiro brasileiro teve mais trabalho com os pés do que com as mãos na vitória por 3 a 1 contra o Bayern. Seguro, o arqueiro da seleção foi muito bem nos passes e iniciando as jogadas no campo de defesa do Liverpool, além de não ter tido culpa no gol contra de Matip que deu o empate momentâneo ao clube alemão. Nas poucas vezes em que teve que fazer intervenções embaixo das traves, não comprometeu.

Fabinho – Liverpool

O volante começou a partida na Allianz Arena no banco e entrou logo aos 13 minutos. Cometeu alguns erros de passe no primeiro tempo e levou um cartão amarelo ao matar um contra ataque do Bayern. No segundo tempo teve uma atuação mais segura e no geral o desempenho foi regular

Roberto Firmino – Liverpool

Teve mais destaque na parte tática do que técnica neste jogo de volta contra o Bayern. Voltou para marcar, abriu espaços para os companheiros, se movimentou, trocou de posição e se apresentou para o jogo, principalmente no segundo tempo, quando o Liverpool teve mais espaço. Não conseguiu fazer grandes jogadas ou levar tanto perigo ao gol de Neuer. Acabou sendo o mais apagado do trio de ataque dos Reds.

Rafinha  – Bayern

Com a ausência de Kimmich foi titular mais uma vez na lateral direita do time alemão e teve pela frente um senegalês iluminado no ataque do Liverpool. Mané frequentemente trocou de posição com Salah e Firmino, mas foi pelo lado de Rafinha que acabou criando as principais jogadas e marcando seus dois gols na partida. O brasileiro nçao foi mal na marcação, mas foi superado em diversos lances durante o jogo pela habilidade e velocidade do atacante dos Reds. Acabou eliminado com a derrota por 3 a 1 do Bayern em casa.

Está em dúvida sobre qual curso de faculdade escolher?

Philippe Coutinho – Barcelona

Contestado pela torcida e imprensa na temporada, Coutinho teve contra o Lyon um momento de redenção e alívio. Escalado como titular, deixou seu gol após jogada individual de Suárez e assistência do uruguaio aos 27 minutos do primeiro tempo. Acabou ofuscado por Lionel Messi que marcou duas vezes e deu duas assistências.

Arthur  – Barcelona

Não fez uma partida brilhante como Lionel Messi, mas teve uma atuação bastante sólida no meio-campo do Barcelona. A precisão de acerto de passes no jogo é o que mais impressiona nos 74 minutos em que esteve em campo. Foram 98% de passes certos entre os 71 que tentou no duelo. Teve a chance de marcar seu gol, mas preferiu tentar servir Messi em um lance de perigo,

Marcelo – Lyon

O zagueiro brasileiro teve uma noite para esquecer no Camp Nou. Nem tanto por seu desempenho pessoal, mas pelo coletivo de toda a defesa do Lyon que sofreu com o show de Lionel Messi, Suárez e Coutinho no ataque. Não teve muito a fazer diante do fraco desempenho do time francês na goleada por 5 a 1.

LEIA MAIS:

Veja as notas dos jogadores do Liverpool na partida contra o Bayern pela Champions League