Israel Adesanya lamenta ataques na Nova Zelândia

Atual desafiante ao cinturão interino da divisão peso-médio e invicto na carreira com dezesseis vitórias em dezesseis lutas, o nigeriano Israel Adesanya que enfrentará o norte americano Kelvin Gastelum no co-main event do UFC 236 que será realizado no dia 13 de abril em Atlanta, Geórgia, nos Estados Unidos, lamentou profundamente os atentados ocorridos na última sexta-feira (15), em Igrejas na Nova Zelândia.

Dario Ferrari Rocha Teixeira
Escrevo sobre lutas em geral no Torcedores.com. São Paulino, fã do New England Patriots, Los Angeles Lakers e Los Angeles Dodgers. Noivo da Thays Gomes Lima.

Crédito: Reprodução | UFC Collections.

Israel Adesanya usou as redes sociais para comentar os atentados simultâneos em Christchurch, na ilha sul da Nova Zelândia, que deixaram 50 mortos.

Veja o que disse Israel Adesanya:

“Normalmente, esses ataques terroristas acontecem lá fora (América), então você nunca presta muita atenção porque ‘NZ não tem tanto racismo’. Mas aconteceu aqui na Nova Zelândia e nós temos que garantir que vamos seguir firmes juntos. Nós não vamos deixá-los vencer. Esta é nossa casa”, disse.

Leia também no TORCEDORES.COM:

FUTURE FC 3 ESCALA GUSTAVO ERAK X WANDERLEY MEXICANO NA LUTA PRINCIPAL; CONFIRA O CARD COMPLETO

CONOR MCGREGOR E MAX HOLLOWAY DISCUTEM EM REDE SOCIAL E CAMPEÃO PESO-PENA PEDE REVANCHE

ALBERTO MINÁ AFIRMA QUE LUTA COM WARLLEY ALVES NO UFC 237 É ‘FAKE NEWS’