Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

UFC 235: Pela Nigéria, Kamaru Usman quer vencer Woodley e se tornar primeiro africano campeão da organização

Para tentar conquistar o cinturão da categoria dos pesos meio-médios, o nigeriano Kamaru Usman irá encarar o norte americano atual detentor do cinturão na divisão até 77 kg Tyron Woodley. O duelo será o co-main event do UFC 235, que acontecerá no próximo sábado (02), na T-Mobile Arena em Las Vegas, Nevada, nos Estados Unidos.

Dario Ferrari Rocha Teixeira
Escrevo sobre lutas em geral no Torcedores.com. São Paulino, fã do New England Patriots, Los Angeles Lakers e Los Angeles Dodgers. Noivo da Thays Gomes Lima.

Crédito: Reprodução | Facebook: Kamaru Usman.

Em entrevista ao ‘Combate.com’, Kamaru Usman falou sobre a tentativa de tornar-se o primeiro campeão africano da história do UFC, ainda lembrando, que, seu compatriota peso médio Israel Adesanya (que lutará pelo cinturão interino contra Kelvin Gastelum no UFC 236) e o camaronês Francis N’Gannou (que já lutou pelo cinturão dos pesos pesados) também poderão fazer parte dessa história de seu continente.

“Seria muito importante esse cinturão para meu país, porque esse não é um esporte onde temos reconhecimento ainda. Então, tenho a oportunidade de abrir os olhos das pessoas e falar: “Ei, todos nós podemos fazer esse esporte”. Podemos ter três campeões em 2019, por exemplo, com (Israel) Adesanya e N’Gannou também, então podemos ter três campeões africanos nesse ano. Sinto que o esporte está ficando maior na Nigéria, porque tenho recebido mais mensagens e respostas nas redes sociais de lá. E o MMA vai ficar cada vez maior lá. Francis Ngannou está montando a academia dele lá, eu também farei o mesmo e assim vamos crescendo”, disse.

Kamaru Usman sobre luta com Woodley:

Quanto ao embate ante Tyron Woodley, ainda na mesma entrevista, Kamaru Usman afirmou que tentará acabar com a luta antes do soar da buzina do quinto round, e que será uma noite ruim para seu adversário.

“Espero que ele não finja que não está me levando à sério. Enquanto estou na academia treinando, ele está gravando vídeos. Sei que ser campeão representa ter muitas oportunidades, mas ele está brincando com o fato de não se importar com a luta, mas sei que ele se importa sim. Por isso, espero que ele esteja fingindo. Porque se ele realmente não está nem aí, vai ser uma noite ruim para ele (…). O desafio que eu levo é que vou testar o coração dele. Nós dois temos força, potência, bom wrestling, então vai ser a vitória de quem mais quer vencer. Se acontecer tudo como estou pensando, vou parar Woodley no quarto ou quinto round. Ele não será capaz de aguentar minha pressão, meu ritmo. Ele vai entender que não adianta se esforçar contra mim e vou terminar a luta. Neste sábado, a Nigéria e o continente africano terão o primeiro título do UFC”, finalizou.

Confira abaixo o card completo do UFC 235: Jones vs. Smith:

Card Principal:

  • Peso-meio-pesado: (c) Jon Jones vs. Anthony Smith – Pelo cinturão da categoria peso meio-pesado;
  • Peso-meio-médio: (c) Tyron Woodley vs. Kamaru Usman – Pelo cinturão da categoria peso meio-médio;
  • Peso-meio-médio: Ben Askren vs. Robbie Lawler;
  • Peso-palha: Tecia Torres vs. Weili Zhang;
  • Peso-galo: Cody Garbrandt vs. Pedro Munhoz.

Card Preliminar:

  • Peso-pena: Jeremy Stephens vs. Zabit Magomedsharipov;
  • Peso-meio-pesado: Misha Cirkunov vs. Johnny Walker;
  • Peso-galo: Alejandro Perez vs. Cody Stamann;
  • Peso-meio-médio: Diego Sanchez  vs. Mickey Gall;
  • Peso-médio: Charles Byrd  vs. Edmen Shahbazyan;
  • Peso-galo: Gina Mazany vs. Macy Chiasson;
  • Peso-palha: Polyana Viana vs. Hannah Cifers.

Leia também no TORCEDORES.COM:

COLBY COVINGTON ‘CAÇA’ DANA WHITE EM CASINO E COBRA CHEFÃO DO UFC

MIRKO CRO COP SOFRE DERRAME CEREBRAL E ANUNCIA APOSENTADORIA DO MMA: “AGORA TENHO QUE LUTAR PELA VIDA”

PESAGEM DO UFC 235: JON JONES, ANTHONY SMITH, WOODLEY E USMAN BATEM PESO E CONFIRMAM LUTAS POR CINTURÕES; VEJA OS RESULTADOS