Futebol

Mano comenta ausência de Thiago Neves e analisa resultados paralelos favoráveis ao Cruzeiro na Libertadores

Publicado às

Foi editor do semanário BolanoBarbante, apaixonado por esportes, entusiasta das corridas de rua e dos jogos de tênis.

Crédito: Vinnicius Silva/Cruzeiro/divulgação

O Cruzeiro se prepara para enfrentar o Tupi pela 10ª rodada do Campeonato Mineiro, em Juiz de Fora e, novamente, o time não deve contar com Thiago Neves, que segue realizando um cronograma para fortalecimento da panturrilha. Em coletiva de imprensa, o técnico Mano Menezes comentou sobre a ausência do camisa 10, uma das principais peças do time, além de ter analisado o fato da Raposa continuar na liderança do Grupo B da Copa Libertadores, mesmo com um jogo a menos, já que Emelec e Huracán ficaram apenas no empate por 0 a 0 no embate da segunda rodada.

“Eu tenho bastante opções, então, independente de eu ter ou não o Thiago Neves, nós já temos a maneira de jogar, com o time bastante entrosado. As coisas têm acontecido bem. Temos o resultado paralelo, como foi o de ontem entre Emelec e Huracán. Então tudo está indo bem. Vamos fazer bem a nossa parte, que quando fazemos isso, o paralelo também ajuda”, analisou Mano Menezes.

Neste momento, o Cruzeiro tem um jogo a menos no Grupo B da Copa Libertadores. Contudo, continua na ponta com três pontos devido a vitória na estreia da competição diante do Huracán, na Argentina. Em seguida, aparece o Emelec, com dois jogos e dois pontos. Na sequência, Deportivo Lara e Huracán, ambos com apenas um.

Sobre o Campeonato Mineiro, o técnico Mano Menezes já avisou que vai com força máxima para Juiz de Fora e a equipe será a mesma que enfrentaria do Deportivo Lara, no Mineirão. A Raposa está na terceira colocação do estadual com 19 pontos, três a menos que o líder Atlético. Para roubar a posição do arquirrival, o clube estrelado precisa ganhar seus dois últimos compromissos da primeira fase e torcer por uma combinação de resultados adversos do Galo e do América.

LEIA MAIS:

CRUZEIRO REPETE ÚLTIMOS ANOS E DEFENDE MARCA EXPRESSIVA CONTRA O TUPI