Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Há dez anos, Neymar estreava no time profissional do Santos; relembre

O dia 7 de março de 2009 foi especial para Neymar. Então com 17 anos, o jovem atacante atuava pela primeira vez no time principal do Santos. Na ocasião, o Peixe venceu o Oeste pelo Campeonato Paulista.

Gabriel Girardon
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução/Site oficial Santos FC

Um mês após completar 17 anos, Neymar estreava entre os profissionais do Santos. A partida contra o Oeste, pela 12ª rodada do Paulistão, aconteceu no Pacaembu, para um público de 23.597 espectadores. O resultado teve vitória do Peixe por 2 a 1.

Aos 14 minutos do segundo tempo, com o jogo empatado sem gols, o técnico Vagner Mancini, comandante santista, colocou Neymar. Vestindo a camisa 18, o atacante entrou no lugar do colombiano Molina. Logo em seguida, driblou um adversário e acertou a trave ao tentar um cruzamento. (Veja lances dele abaixo)

O Santos saiu na frente no placar com Roni, aos 19, após falha da defesa adversária. Nos minutos finais, aos 44, Madson ampliou com um belo chute de fora da área. Ainda teve tempo para o Oeste diminuir com Dezinho, aos 46 minutos.

Neymar permaneceu no clube da Vila Belmiro até meados de 2013, quando foi para o Barcelona. No total, disputou 230 jogos, marcando 138 gols. Conquistou três vezes o Paulistão (2010, 2011 e 2012), Copa do Brasil 2010, Libertadores 2011 e a Recopa 2012.

Ficha técnica: Oeste 1 x 2 Santos

Local: Estádio Pacaembu (São Paulo, SP)
Data: 7 de março de 2009 (sábado)

Oeste: Weverton; Dedê, Dezinho, Adriano e Mazinho; Athos (Luizinho), Dionísio, Dias e Vander (Mirandinha); Nei Paraíba e Caíque (Leandro Love). Técnico: Luciano Dias

Santos: Fabio Costa; Fabiano Eller, Domingos e Adaílton (Germano); Luizinho (Pará), Roberto Brum, Rodrigo Souto, Madson e Triguinho; Molina (Neymar) e Roni. Técnico: Vagner Mancini

Gols: Roni (SAN – 19′ 2ºT), Madson (SAN – 44′ 2ºT) e Dezinho (OES – 46′ 2ºT)

Veja os melhores momentos da partida:

VEJA TAMBÉM:

ATLETAS DE PALMEIRAS E SANTOS SÃO DENUNCIADOS POR CONFUSÃO NO CLÁSSICO