O que mudou no Corinthians desde o último clássico contra o Santos?

Dois meses após amistoso ainda na pré-temporada, o Corinthians volta a enfrentar o Santos no próximo domingo (10), às 16h, na Arena, desta vez em duelo válido pela 10ª rodada do Paulistão.

Rafael Alaby
Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)

Crédito: Foto: Ivan Storti/Santos FC

Desde o último encontro em 13 de janeiro, o Timão passou por algumas transformações. O técnico Fábio Carille recebeu mais alguns reforços como o zagueiro Manoel, o volante Júnior Urso e os atacantes Boselli e Vagner Love. O quarteto, inclusive, tem chances consideráveis de jogar o clássico no domingo.

No amistoso, que terminou empatado por 1 a 1, Carille escalou a equipe com a seguinte formação: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Henrique e Danilo Avelar; Richard, Ramiro, André Luís, Jadson e Sornoza; Gustagol.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Pedro Henrique perdeu espaço com a chegada de Manoel, embora tenha sido titular em alguns jogos do Paulistão quando o treinador poupou atletas.

Sem engrenar, Richard e Ramiro, dois dos mais de 10 reforços corintianos, viraram reservas de Ralf e Júnior Urso.

Autor do passe para o gol de Gustagol, André Luís disputou os dois primeiros jogos do Paulistão, mas não agradou e também perdeu espaço.

No segundo tempo do amistoso, Carille fez 11 alterações, com as entradas de Walter, Michel Macedo, Léo Santos, Marllon, Mateus Vital, Douglas, Thiaguinho, Gustavo Silva, Araos, Marquinhos e Roger. Três destes não estão mais no clube, casos do zagueiro Léo Santos, emprestado ao Fluminense, do volante Douglas, cedido ao Bahia e do atacante Roger, que rescindiu contrato e assinou em definitivo com o Ceará.

No próximo domingo, a equipe deve ter seis mudanças nos titulares em relação ao amistoso: as entradas de Manoel, Ralf, Júnior Urso, Pedrinho, Vagner Love e Boselli, assumindo a vaga de Gustagol, que deve ser vetado por conta de dores no joelho.

Embora ainda não tenha conseguido convencer com boas atuações, o Corinthians segue perto da classificação às quartas de final do Paulistão, avançou à terceira fase da Copa do Brasil e obteve vaga na segunda fase da Copa Sul-Americana ao eliminar o Racing na disputa por pênaltis.

VEJA TAMBÉM:

Corinthians: Gustagol não tem lesão, mas segue como dúvida contra o Santos 

Técnico do Sevilla desconversa sobre possível saída de Guilherme Arana ao Corinthians: “Não sei” 

Corinthians: Carille arma time e faz testes visando o clássico