Opinião: imbróglio entre Globo, Palmeiras e Athletico pode prejudicar torcedores

Faltando um pouco mais de um mês para o Brasileirão, Palmeiras e Athletico Paranaense são os únicos times que ainda não assinaram com a Globo. Esse ano as transmissões serão feitas também pela equipe antiga do Esporte Interativo, no canal Space e TNT.

Daniel Ramos
Apreciador do bom e velho futebol. Colunista do site Futebol na Veia.

Crédito: Reprodução TV Globo

Você torcedor de Palmeiras e Athletico Paranaense deve está pensando ”Legal! , eu não gosto do monopólio da Globo mesmo”. Mas não é bem assim meu caro, hoje tem sério risco de um dos principais candidatos ao título não ter suas principais partidas televisionadas na tv aberta. O Palmeiras não quer qualquer redução de verba imposta pela emissora. A Globo não abre mão da cláusula de redução, tendo em vista que vai perder a exclusividade dos jogos do alviverde depois de décadas. Lembrando que Santos, Inter, Bahia, Fortaleza e Ceará assinaram com Grupo Turner, mas cederam os direitos à Globo em parte do pacote aceitando a redução de valores.

Não entro no mérito se o Palmeiras precisa ou não do dinheiro da Globo, mas até que ponto isso não prejudica o torcedor palmeirense que mora no Nordeste que acompanha, de longe, as partidas do seu clube de coração? Se assim continuar, não vamos ter Palmeiras x Corinthians , Palmeiras x São Paulo, Palmeiras x Flamengo na televisão, vale a pena essa queda de braço? Seria vantagem o principal patrocinador do Palmeiras não ver sua marca estampada nas camisas nos principais jogos?

Nas últimas cinco rodadas, o Palmeiras, que não tem contrato com a Globo, some da televisão, pois seus rivais têm contrato com a tradicional rede de televisão carioca. O time paulista vai encarar nesta ordem: Grêmio, Fluminense, Flamengo, Goiás e Cruzeiro. Os seis duelos entre os quatro principais clubes que fecharam com a Turner — Santos, Palmeiras, Internacional e Athletico-PR — se concentram nas dez primeiras rodadas de cada turno, logo, fora dos momentos decisivos do campeonato.

O Palmeiras mantém a posição de não comentar as negociações em andamento e parece não ter pressa em definir sua situação. Mauro Celso Petraglia, homem-forte do futebol do Athletico afirmou categoricamente ”Nada ainda. Estamos conversando, eles [Globo] estão inflexíveis, têm a rigidez deles.”

Direitos de TV no brasileirão

Jogos no SporTV – 156

Clubes assinados com SporTV-  Atlético-MG, Avaí, Botafogo, CSA, Chapecoense, Corinthians, Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Goiás, Grêmio, São Paulo e Vasco

Jogos no Space / TNT – 42 

Clubes assinados com Esporte Interativo/Turner-  Athletico-PR, Bahia, Ceará, Fortaleza, Internacional, Palmeiras e Santos

Jogos na Globo / Premiere – 306

Clubes assinados com Globo e Pay-per-view-  Atlético-MG, Avaí, Bahia, Botafogo, Ceará, Chapecoense, Corinthians, Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Goiás, Grêmio, Internacional, Santos, São Paulo e Vasco