OPINIÃO: O futebol deixou de ser prioridade para Neymar

Neymar dominou o noticiário esportivo nesse Carnaval. O problema é que nada teve a ver com suas atuações dentro de campo, até porque ele está lesionado. Mas, sim por suas atitudes fora dele.

Luiz Felipe Longo
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/Facebook PSG

O atacante do PSG foi flagrado em eventos em Salvador e Rio de Janeiro para comemorar a principal festa do país. Nada de errado, o jogador está em seu tempo livre e faz o que quiser nele. Só que ele está se recuperando de lesão.

Preocupa bastante saber que o futebol deixou de ser prioridade a Neymar. A genialidade com os pés para aí e não se estica à cabeça, como são os casos de Cristiano Ronaldo e Messi. Falta psicológico ao brasileiro.

O português e o argentino são completos, cuidam do corpo. Um tem 34 anos outro 31. Ambos seguem em alto nível e parecem que assim permanecerão por um tempo. Isso porque o objetivo deles é o futebol.

Neymar se cerca de pessoas que o amam, como família, amigos, jogadores e seleção brasileira. Amam tanto que não o deixam receber críticas, alimentando seu ego e o fazendo ficar extremamente mimado.

Pelo andar da carruagem, o atacante brasileiro não será o melhor do mundo e sequer está próximo de ser o maior após Pelé. Assim como recentes estrelas do nosso país, o futebol ficou em segundo plano na vida.

LEIA MAIS
NEYMAR E ANITTA CURTEM CARNAVAL JUNTOS E INTERNAUTAS NÃO PERDOAM; VEJA OS MEMES