Opinião: Parceria entre Red Bull e Bragantino trará benefícios

Negócio bom é aquele que favorece ambas as partes, esse parece ter sido o caso da parceria anunciada entre Red Bull e Bragantino, nessa terça-feira, 26 de março, na Prefeitura Municipal de Bragança Paulista.

Antenor Sanchez
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação - Rafael Moreira - Bragantino

O anúncio contou com a presença do CEO do R.B. Brasil, Tiago Scuro, o presidente do Bragantino, Marquinho Chedid e o Prefeito de Bragança Paulista, Jesus Adib Abi Chedid. Assim a fusão de ambos os times deve se dar já para o Brasileirão da série B de 2019.

O R.B. (Red Bull) conquista com isso uma vaga para disputar o acesso a elite do futebol brasileiro. E O Braga volta a configurar no cenário nacional com um time forte em busca de títulos. Ocorre que se por um lado o Red Bull tem dinheiro, por outro o Bragantino tem tradição.

O Braga é campeão Paulista de 1990, título que contou com Luxemburgo, Mauro Silva, Silvio tantos mais.Também foi vice campeão Brasileiro em 1991 e teve como técnico Parreira e praticamente a base da seleção brasileira de 1994.

Por exemplo, O Braga chegou a ter 6 jogadores convocados: Gil Baiano, Mazinho, Alberto, João Santos, Sílvio e Mauro Silva.Assim, o Clube Atlético Bragantino, agora Red Bull Bragantino, além do passado glorioso passa a ter um futuro promissor. É o que indicam os 45 milhões investidos pela multinacional austríaca. Até mesmo os mais céticos sabem que hoje em dia o futebol é um negócio que pune o amadorismo.

O Bragantino assim como está, vai sempre brigar para não cair no brasileiro e buscar no máximo uma semifinal no Paulista. Assim é a vida para os bons times do interior. Times que mantém certa gestão e que mesmo às duras penas não fecham suas portas, ou ao menos ainda não as fecharam.

O Braga sempre foi mais, por isso merece mais, e esse acordo só vem coroar sua história. Porém, como sabemos: “a teoria na prática é diferente”. E o que vai acontecer de fato, somente o amanhã vai nos responder.

Mas, podemos especular um pouco com outros exemplos que envolvam o nome do Red Bull. Além do recém chegado R.B. Bragantino, a franquia conta com o R.B. Salzburg na Austria; o R.B. Leipzig na Alemanha; o New York Red Bull nos Estados Unidos e com o R.B. Gana na África.

Enfim, não podemos negar a competência do Red Bull que somente no Brasil, neste campeonato Paulista, teve a melhor campanha da 1ª fase.

E pelo mundo a fora, em outras ligas, os R.B. Salzburg, os New York Red Bulls, e principalmente o R.B. Leizig vem conquistando títulos e mais títulos.

Portanto, eu, como bragantino, nascido e criado na terra da linguiça, já mandei a Donana bordadeira aqui da vila, preparar minha camisa com os dizeres: “Linguiça atômica 2019, o céu é o limite – esse tal de Red Bull realmente te dá asas, eu já estou sonhando!”