Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Portuguesa precisa de uma vitória na última rodada para se classificar

Se vencer o confronto direto contra o Santo André, na última rodada da Série A2 do Campeonato Paulista, o time do Canindé se classifica para a fase decisiva do torneio, mas treinador “não quer sofrer tanto” como no último jogo.

Adriano Oliveira
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução/ Instagram oficial Associação Portuguesa de Desportos

No próximo sábado (30), acontece a última rodada da etapa classificatória da Série A2 do Campeonato Paulista. Todos os jogos serão disputados no mesmo horário, as 15h. Os oito melhores classificados avançam à fase decisiva e os dois piores colocados serão rebaixados para a Série A3 do ano que vem. A Portuguesa de Desportos, tradicional clube do futebol paulista e brasileiro, precisa apenas de uma vitória no confronto direto diante do Santo André, fora de casa, para ocupar uma vaga no G8 e conseguir a classificação.

Não quero sofrer tanto“, disse o técnico Vica, logo depois da sofrida vitória por 2 x 1 sobre o Votuporanguense, na penúltima rodada, no estádio do Canindé.

Foi um excelente resultado, mas não um excelente futebol. É importante saber sofrer, mas não quero sofrer tanto assim e os jogadores também não. Vamos fazer por onde não sofrer. Temos a oportunidade no sábado e vamos ver se temos condições de brigar para subir“, afirmou o treinador ao site “Futebol Interior”.

Vica é o grande responsável pela ascensão meteórica da Portuguesa, com quatro vitórias nos últimos cinco jogos. Quando assumiu o comando, a equipe estava em último lugar na tabela e agora ocupa a nona colocação com 17 pontos, um a menos que Taubaté e Santo André, que dividem o último posto do G8.

Técnico Vica/ Instagram oficial Portuguesa

Além de passar a sonhar com a classificação na última rodada, o mais importante para o clube foi ter se livrado da ameaça iminente de rebaixamento na qual se encontrava. Antes de o atual treinador assumir, a Lusa ainda não havia vencido nenhum jogo no torneio. Em nove rodadas, foram cinco empates e quatro derrotas, com 18 gols sofridos, a pior defesa do campeonato até então.

A grande virada começou na partida contra o Taubaté, pela 10ª rodada, na estréia de Vica. Fora de casa, em pleno domingo de carnaval, com o gramado do estádio Joaquinzão encharcado pela forte chuva, a Portuguesa fez 3 x 0 e deixou a zona da degola, saltando para a 14ª posição. Anderson Cavalo, Paulinho e João Pedro anotaram os gols da partida a favor da Lusa.

O técnico Vica só chegou ao Canindé depois que Paulo Roberto Santos desistiu de treinar a equipe. O motivo, segundo ele, foi “o ambiente conturbado” no clube.

Assustado não fiquei, mas é preocupante como um todo, até o próprio ambiente do clube (…) No futebol você também precisa de um bom ambiente. O trabalho passa por um bom ambiente no dia a dia, isso que me deixou preocupado“, disse Paulo Roberto Santos em entrevista ao site “Lance.com.br”.

O torcedor rubro-verde também deve agradecer à Penapolense pela vitória por 1 x 0 sobre o Nacional, no domingo (24). Graças a essa combinação de resultados, a derrota do Nacional mais os três pontos obtidos pela Portuguesa contra o Votuporanguense, foi possível ao clube do Canindé chegar em nono lugar na rodada final e ainda sonhar com a vaga no G8. A Penapolense está na última colocação, com 13 pontos, e no sábado (30) enfrenta o São Bernardo, fora de casa.

LEIA MAIS

Série A-2 do Campeonato Paulista terá mais jogos em 2019