Fernando Prass comemora defesa de pênalti diante do Novorizontino: ”Sensação de como se fosse um gol”

Se o Palmeiras não saiu derrotado da primeira partida das quartas de final do Paulista, muito se deve ao goleiro Fernando Prass. O camisa 1 do Verdão defendeu uma cobrança de pênalti do Novorizontino e evitou o revés alviverde no confronto.

Bruno Romão
24 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Divulgação/Palmeiras

Esta foi a 14º cobrança de pênalti defendida por Fernando Prass desde que chegou ao clube, no final de 2012. Após o jogo, o arqueiro explicou como fez uma leitura da cobrança feita por Murilo Henrique e celebrou o momento como se fosse um gol.

”Tentei segurar ao máximo. fazer a melhor leitura possível do batedor, da corrida, do pé de apoio, do corpo dele… pra tentar ter uma ideia de onde ele poderia bater e fui feliz, acertei o canto e consegui defender. Conseguir fazer uma defesa naquele momento ali é uma sensação de como se fosse um gol. A realidade é como se fosse um gol pro goleiro. É um momento importante, as atenções estão todas voltadas pra ali e é sempre bom a gente ajudar de uma maneira efetiva assim”, declarou Prass.

LEIA MAIS

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

ARQUEIRO ALVIVERDE JÁ DEFENDEU 14 PÊNALTIS COM A CAMISA DO PALMEIRAS; RELEMBRE CADA UM DELES

PALMEIRAS X NOVORIZONTINO: VERDÃO DIVULGA PRIMEIRA PARCIAL DE INGRESSOS VENDIDOS PARA O CONFRONTO

ARTHUR CABRAL COMEMORA PRIMEIRO GOL EM ESTREIA PELO PALMEIRAS: ”FELICIDADE EM DOBRO”