Relembre a estreia de Ronaldo com a camisa do Corinthians

Há 10 anos atrás, Ronaldo vestia pela primeira vez a camisa do Corinthians. Muito questionado pelo tempo parado, físico longe do ideal, e entre outros fatores, o Fenômeno calou os críticos em seu retorno ao futebol brasileiro e foi um divisor de águas para o Timão, sendo crucial em importantes conquistas do alvinegro.

Cido Vieira
Jornalista em formação, e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com desde o ano de 2017, já acumulei diversas funções no site e atualmente me dedico a cobertura do futebol nordestino.

Crédito: Reprodução - Twitter - Corinthians

A tão aguardada estreia do camisa 9 no time paulista foi discreta, mas mesmo assim roubou a cena e deixou a classificação do Timão na Copa do Brasil em segundo plano. O duelo contra o Itumbiara, em Minas, válido pelo torneio copeiro representou o primeiro passo da história vencedora do atacante no clube.

Antes mesmo da bola rolar no interior mineiro, todos os holofotes já estavam voltados para o pentacampeão existindo uma grande expectativa pela sua estreia, seguranças protegiam o jogador do assédio intenso da imprensa.

Responsável por comandar o Timão na época, o técnico Mano Menezes deixou o Fenômeno no banco. Quando a fatura já estava praticamente resolvida, com os visitantes vencendo por 2 a 0, R9 foi chamado para entrar no jogo, o suficiente para deixar os torcedores em êxtase no Estádio Juscelino Kubitschek.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Com toques curtos, jogadas de primeira e arrancadas ainda tímidas e fora do ritmo, mas inconfundíveis, Ronaldo começava a escrever a sua história no Corinthians, após ficar mais de um ano longe dos gramados.

PRIMEIRO GOL

Se Ronaldo pouco fez na sua estreia, no segundo jogo com a camisa alvinegra ele deu o primeiro cartão de visitas ao torcedor do Timão e para os adversários. No clássico contra o arquirrival Palmeiras, em Presidente Prudente, o Fenômeno entrou para mudar o rumo do jogo. O time alviverde vencia até aos 47 minutos da segunda etapa, quando de cabeça, R9 subiu mais alto que toda defensiva e empatou o dérbi.

Efusivo, o atacante foi comemorar o primeiro gol com a torcida, e o alambrado acabou quebrando, fato que não impediu a festa alvinegra.

Itumbiara 0 x 2 Corinthians

Itumbiara
Maxi; Adriano, Anderson Santos, Ávalos (Roque) e Cleber Carioca; Leandro Carvalho, Saulo (Léo Mineiro), Pachola e Caíco; Denílson e Túlio Maravilha (Landu).
Técnico: Artur Neto

Corinthians
Felipe; Fabinho, William, Chicão e André Santos; Cristian, Boquita e Douglas; Jorge Henrique (Otacílio Neto), Dentinho (Morais) e Souza (Ronaldo).
Técnico: Mano Menezes

Data: 04/03/2009 (quarta-feira)
Local: estádio Juscelino Kubitschek, em Itumbiara (GO)
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (RJ)
Auxiliares: Ricardo Mauricio Ferreira de Almeida (RJ) e Marcelo Braz Mariano (RJ)
Cartões amarelos: Cristian, Chicão, Otacílio Neto (C), Leandro Carvalho, Landu (I)
Cartão vermelho:Otacílio Neto
Gols: Chicão, aos 44 min do primeiro tempo; André Santos, aos 4min do segundo tempo

LEIA MAIS:
RELEMBRE OS 10 GOLS MAIS BONITOS DE RONALDO NO CORINTHIANS
UMA DAS EQUIPES QUE MAIS “COMPRARAM GOLS”, CORINTHIANS NÃO FIGURA NEM NO TOP-10 DA SÉRIE A
CORINTHIANS TERÁ TEMPO DE DESCANSO E TREINOS INÉDITO EM 2019