Reserva na Inter de Milão, Miranda fala sobre propostas e elogia Éder Militão, novo reforço do Real Madrid

Após o terceiro treino em Portugal, a Seleção Brasileira escolheu Miranda e Richarlison para falarem com a imprensa nesta quarta-feira (20). Na atual temporada, o zagueiro ex-São Paulo falou sobre uma possível saída da Inter de Milão.

Rafael Brayan
Apaixonado pelo estudo do esporte mais praticado no mundo.

Crédito: Lucas Figueiredo/CBF

Ídolo no São Paulo e no Atlético de Madrid, o zagueiro Miranda vive dias difíceis na Itália. Reserva na Inter de Milão nesta temporada, o defensor falou, em entrevista coletiva, sobre a nova fase da carreira.

“Não vejo como fim de ciclo. E eu confesso momento diferente na minha carreira, sempre na carreira fui titular indiscutível. E, esse ano, estou jogando um pouco menos. Mas estou me acostumando com essa situação. Estou aproveitando esse tempo que tenho a mais para me dedicar aos treinamentos e me preparar. Joguei alguns jogos importantes na temporada e mostrei o nível que gostaria de mostrar”, comentou Miranda.

Há algumas semanas, muitos jornais afirmaram que times de Portugal estavam procurando o ex-jogador do São Paulo para a próxima temporada. “Admiro muito futebol de Portugal. Eu vejo um bom mercado, sim. Mas hoje meu pensamento é defender Inter de Milão, terminar bem essa temporada. Tenho mais um ano de contrato ainda”, ressaltou.

Na Seleção Brasileira, Miranda, de 34 anos, dividirá o vestiário com Éder Militão, também ex-São Paulo, de 21 anos. O titular na última Copa do Mundo elogiou o companheiro, que foi anunciado pelo Real Madrid na última semana. “É um jovem com muito talento, vem demonstrando isso. É normal que um jogador assim vá para o Real Madrid, porque desperta interesse nos grandes clubes. E acredito que Real Madrid fez boa escolha, acompanho ele não só no Porto, mas na seleção brasileira. Fico feliz”, completou.

Os dois jogadores serão titulares no primeiro jogo da Seleção Brasileira em 2019. Contra o Panamá, no dia 23, Tite jogará com Ederson, Fagner, Militão, Miranda, Alex Telles, Casemiro, Coutinho, Paquetá, Arthur, Richarlison e Roberto Firmino.

LEIA MAIS:

De olho na Copa América, Miranda fala sobre pressão em disputa no Brasil, mas afirma: “Vamos buscar o título”

De volta à Seleção Brasileira, Gabriel Jesus fala sobre pós-Copa: “Momento mais difícil como jogador”

Galvão Bueno compara Vinicius Junior a Robinho no Real Madrid: “Precisa fazer gols”