Santos: Sampaoli rasga elogios para Pituca e Sánchez; Sasha também é citado

Com grande atuação de Carlos Sánchez e Diego Pituca, o Santos bateu o Red Bull Brasil por 2 x 0 pela ida das quartas de final do Campeonato Paulista, em duelo no Pacaembu.

Matheus Henrique Vieira Ramos
Estudante de Jornalismo. Setorista no Torcedores.com do Santos e Botafogo.

Crédito: Foto: Ivan Storti/Santos FC

Em entrevista coletiva após o jogo, o treinador Jorge Sampaoli não poupou elogios para Pituca e ao meia uruguaio, autores dos gols do Peixe diante do Toro Loko:

“É muito importante. É um jogador que nos ajuda muito na pressão inicial, na elaboração do jogo pela direita e se entende muito bem com Victor Ferraz e Rodrygo”, disse.

“Nós conhecemos um Pituca pouco voluntarioso e desordenado, mas conosco está rendendo muito, é um jogador muito completo. Ele disputa o jogo inteiro com a mesma intensidade. Ele é o único jogador que jogou a partida anterior inteira e jogou essa. Vejo um jogador com um potencial enorme”, completou Sampaoli.

O treinador do Santos também citou o atacante Sasha, que entrou no lugar de Derlis, e teve uma boa atuação. O comandante argentino declarou que errou em não ter dado mais chances para o camisa 27.

“O Sasha fez uma partida, posicionalmente, incrível. Nos deixa feliz que o Sasha tenha feito isso, nos faz pensar que erramos em não dar mais partidas para ele”, finalizou Sampaoli.

LEIA MAIS: Rodrygo e Sánchez comandam Santos em vitória sobre o Red Bull; veja as notas dos jogadores