Santos x Corinthians: duelo Sampaoli x Carille encanta jornalistas após 0 a 0 no clássico de Itaquera

O clássico entre Santos e Corinthians no domingo (10) pelo Paulistão colocou frente a frente pela primeira vez os técnicos Jorge Sampaoli e Fábio Carille.

Bia Palumbo
Colaborador do Torcedores

Crédito: Ivan Storti/Santos FC

ACOMPANHE COMO A IMPRENSA ANALISOU O EMPATE SEM GOLS NO CLÁSSICO DA ARENA CORINTHIANS:

“Foi um clássico de poucas emoções, apenas três defesas do Cássio e uma do Vanderlei. Vi um bom jogo de futebol, sem ligação direta, onde se procurou preservar a bola. Todo mundo está gostando de ver o Santos jogar. Gostei do duelo tático. Sabia que este seria o jogo de afirmação do Carille, que conseguiu surpreender o rival e foi superior no 1º tempo” (Juca Kfouri, comentarista, ESPN)

“Não foi empolgante, muito por conta da qualidade dos jogadores dentro de campo. Alguns fizeram boa partida, outros como o Sánchez não foram bem. O Sampaoli reconheceu que o time não produziu com Jean Lucas no meio e Jean Mota na frente. O Cueva também não fez um grande jogo, mas o Santos esboçou uma reação no segundo tempo. Se tivesse que ter um vencedor, deveria ser o Corinthians. O duelo tático dos treinadores foi bom. Que bom que o técnico argentino faz mexidas com personalidade, os jogadores entendem e aí os treinadores começam a se organizar para vencer taticamente. Esse foi o destaque do clássico” (Zinho, comentarista, FOX Sports)

“Muito da discussão sobre o estilo de jogo do futebol brasileiro se deve ao trabalho do Sampaoli.Não dá para se incomodar com os elogios que tem sido feitos a ele. Ele não precisará de um título no futebol brasileiro para carimbar sua qualidade” (Gian Oddi, comentarista, ESPN)

“Há uma grande evolução nas discussões. As pessoas olham mais o resultado, o que é compreensível. Evidente que isso é o reflexo da presença de um técnico que pela forma com que o time se apresenta causa um impacto. Mesmo se ele for embora amanhã já prestou serviço. Isso também quebra o paradigma e a resistência aos treinadores estrangeiros” (Mauro Cezar Pereira, comentarista, ESPN)

“O Santos é o que menos investiu dos quatro grandes e vem fazendo um trabalho excepcional. Ele deixou o Rodrygo no banco, escalou o Alison na zaga e perdeu força ofensiva, depois fez as alterações no intervalo e melhorou no 2º tempo” (Edmundo, comentarista, FOX Sports)

FICHA TÉCNICA – Corinthians 0 x 0 Santos
Motivo: Campeonato Paulista – Paulistão 2019 – Primeira Fase – 10ª Rodada
Data e horário: domingo (10), às 16h (de Brasília)
Arbitragem: Douglas Marques das Flores, Marco Antonio De Andrade Motta Junior e Evandro de Melo Lima
Cartões Amarelos: Fagner (COR), Alison (SAN)
SANTOS: Vanderlei, Victor Ferraz, Aguilar, Gustavo Henrique, Felipe Jonatan, Alison (Cueva), Jean Lucas (Rodrygo), Diego Pituca, Carlos Sánchez (Matheus Ribeiro), Jean Mota, Derlis González. Técnico: Jorge Sampaoli.
CORINTHIANS: Cássio, Fagner, Henrique, Manoel, Danilo Avelar, Ralf, Junior Urso, Sornoza, Clayson (André Luis), Boselli (Mateus Vital), Pedrinho (Vagner Love). Técnico: Fabio Carille.

LEIA MAIS:
Raio-X: Veja o aproveitamento dos 20 times da Série A na temporada 2019