Veja as notas dos jogadores do Santos no empate com o Red Bull Brasil

O Santos segurou o empate com o Red Bull Brasil na noite desta terça-feira (26) e assegurou a classificação para a semifinal do Campeonato Paulista. Sem grandes atuações individuais, o Peixe teve na segurança de Felipe Aguilar e na movimentação de Jean Mota os pontos mais altos da noite.

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores

Crédito: Ivan Storti/Santos FC

A partida foi muito equilibrada no Moisés Lucarelli, mas o Santos conseguiu controlar o confronto. Exceto por chance clara perdida por Deivid no primeiro tempo, e por bola na trave de Osman no segundo, o Red Bull Brasil criou pouco.

Veja as notas dos jogadores do Santos no empate com o Red Bull Brasil

Vanderlei – 5,5 – Pouco trabalho. Viu as principais chances do Red Bull serem perdidas por erros individuais
Victor Ferraz – 6,0 – Manteve a regularidade das últimas partidas
Aguilar – 7,0 – Muita segurança e saída de bola impecável
Gustavo Henrique – 5,5 – Bem enquanto esteve em campo. Saiu ainda no primeiro tempo
Luiz Felipe – 5,5 – Manteve o nível do companheiro
Felipe Jonathan – 6,0 – Defensivamente seguro, não teve o mesmo ímpeto ofensivo de outros jogos
Alison – 6,0 – Pouco trabalho. Executou a função com tranquilidade
Diego Pituca – 5,5 – Produziu pouco ofensivamente, mas não comprometeu
Carlos Sanchez – 5,0 – Sumiu em alguns momentos da partida. Não foi decisivo como em outros confrontos
Jean Mota – 6,5 – Muita movimentação e posicionamento impecável, tanto no meio-campo, quanto no ataque
Eduardo Sasha – 6,0 – Mais uma vez com bom nível. Assegurou a posição até ser atendido no gramado e sair
Kaio Jorge – 5,0 – Mostrou pouco na meia hora em que ficou em campo
Copete – 4,5 – Sua saída foi comemorada pela torcida. Isso já é autoexplicativo
Rodrygo – 6,0 – A entrada foi comemorada e o camisa 11 correspondeu com velocidade e chances criadas

Leia mais:
Velocidade, persistência e gol: o lance que resumiu a atuação de Firmino contra a República Tcheca

Jogador do Barcelona ‘ignora’ Messi e diz que melhor companheiro da carreira foi Ibrahimovic