Futebol

Veja o que mudou em São Paulo e Palmeiras desde a última vez que se enfrentaram

Publicado às

Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale. Contato: petersongneves@gmail.com

Crédito: Rubens Chiri / saopaulofc.net

São Paulo x Palmeiras se enfrentam neste sábado (16), às 16h30 (horário de Brasília), no estádio do Pacaembu, pela 11ª rodada do Paulistão 2019. O primeiro Choque-Rei do ano pode causar estragos no Tricolor e a repetição do resultado do último duelo não pode nem ser citado aos são-paulinos.

A última vez que São Paulo e Palmeiras duelaram foi no dia 6 de outubro de 2018, há pouco menos de seis meses. O Verdão venceu por 2 a 0 e disparou a passos largos rumo ao decacampeonato brasileiro. Já o time do Morumbi desceu ladeira abaixo e após vencer o primeiro turno terminou o torneio na quinta posição.

O que mudou nos rivais do Choque-Rei deste sábado (16) de lá para cá? O Torcedores.com levantou o histórico e mostra abaixo:

O que mudou no São Paulo

É possível dizer que a derrota ainda tem reflexos no São Paulo mesmo quase seis meses depois. O técnico Diego Aguirre começou a ficar com o trabalho sob desconfiança no revés e caiu, praticamente, um mês depois após empate por 1 a 1 com o Corinthians, em Itaquera.

Multicampeão na base são-paulina, André Jardine foi efetivado como treinador com a missão de fazer o time terminar o Brasileirão entre os quatro primeiros, mas não conseguiu promover uma reação na reta final e terminou o nacional classificado para a fase preliminar da Libertadores.

A direção Tricolor não mediu esforços para reforçar e investiu pesado nas contratações de Pablo, Tiago Volpi, Hernanes, Léo, Igor Vinicius, Willian Farias e Biro Biro. Jardine, entretanto, não conseguiu fazer o elenco dar liga, teve início ruim de Paulistão, caiu precocemente na Libertadores para o modesto Talleres-ARG e deixou a função de treinador.

Pensando numa remontagem do elenco e até a definição de uma nova forma de jogar, o São Paulo contratou o técnico Cuca, mas precisou convencer o coordenador (e ex-treinador) Vagner Mancini a comandar interinamente a equipe até o novo técnico esteja totalmente recuperado de cirurgia no coração – retorno estipulado para 14 de abril. Em meio a história, Diego Souza foi emprestado ao Botafogo e Nenê tem conversas com o Fluminense.

Taticamente, o técnico interino esboçou a equipe nas formações de 3-4-3 e 4-3-3, não emplacou e hoje o São Paulo corre sérios riscos de não se classificar às quartas de final do Paulistão. Uma derrota para o Palmeiras neste sábado pode dificultar ainda mais o caminho.

O que mudou no Palmeiras

A grande mudança no Verdão em relação ao último jogo é que antes tinha nove títulos brasileiros e, atualmente, soma 10 taças. Diferente da turbulência vivida no rival, o time alviverde pouco mudou, conseguiu manter suas principais peças e tem um ano com boas perspectivas de conquistas.

A vitória em outubro passado fez a equipe dirigida por Luiz Felipe Scolari disparar no topo do torneio e confirmar o título nacional com uma rodada de antecedência.

O que mudou, de fato, no Verdão foram as contratações de Ricardo Goulart, Carlos Eduardo, Felipe Pires, Zé Rafael e Matheus Fernandes e Arthur Cabral  para qualificar o elenco. Os três primeiros são figuras constantes na equipe de Felipão.

As compras em definitivo de Gustavo Gómez, Mayke, Marcos Rocha e as renovações de contrato para afastar o desejo chinês para cima de Dudu e Bruno Henrique ajudam a manter a base da equipe campeã.

A crítica enfrentada pela equipe do Palmeiras é pelo futebol apresentado. Em entrevista ao quadro 1×1 do SporTV, o diretor de futebol Alexandre Mattos classificou a cobrança como insana.

Se o Palmeiras empata, falam que precisa tirar 30 jogadores de lá. Se perde, é Segunda Guerra Mundial. Se ganhar dando espetáculo, é obrigação. A cobrança é insana“, falou o dirigente.

O triunfo no Choque-Rei adianta a ida do Palmeiras às quartas de final do Campeonato Paulista e pode iniciar a eliminação precoce do São Paulo. Quem vence?

LEIA MAIS
PALMEIRAS VAI PAGAR QUASE UM MILHÃO DE INDENIZAÇÃO A ATACANTE CAMPEÃO PAULISTA DE 2008, DIZ SITE
TRAGÉDIA EM SUZANO-SP: CLUBES SE SOLIDARIZAM NAS REDES SOCIAIS E ENVIAM MENSAGEM AS VÍTIMAS EM ESCOLA
VEJA AS ESTATÍSTICAS ATUALIZADAS DOS JOGADORES DO PALMEIRAS AO LONGO DA TEMPORADA 2019