Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Vettel admite vantagem da Mercedes, mas nega “posição ruim”

Sebastian Vettel admitiu que a Ferrari não tinha velocidade o suficiente para lutar pela pole position do Grande Prêmio da Austrália, prova que abre a temporada da Fórmula 1. De acordo com o tetracampeão do mundo, o time de Maranello até melhorou o desempenho do SF90 para o sábado (16) no circuito de Albert Park, em Melbourne, mas foi incapaz de lutar com a Mercedes.

Leonardo Marson
Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.

Crédito: Getty Images

“Começar a corrida de amanhã na terceira posição não é tão ruim, e o carro está ok, embora não esteja exatamente como nós gostaríamos e não ser tão rápido quanto nós queríamos. Mas largaremos lá e veremos o que nós podemos trazer para a casa”, disse Vettel, que citou as características encontradas no circuito australiano.

“Esta pista é única e as condições são diferentes do que nós experimentamos nos testes. Nós temos, definitivamente, melhoramos o carro nesta noite, mas é claro que não foi o suficiente para estar na frente”, seguiu o piloto alemão, que garante que ele e a Ferrari farão de tudo para incomodar a Mercedes neste domingo.

“Na corrida de amanhã nós temos tempo para entender melhor o carro. Nós correremos o máximo que pudermos e vamos ver onde que nós estaremos. No fim, estamos só 16 metros atrás do pole position”, completou Vettel.

O Grande Prêmio da Austrália de Fórmula 1 será disputado neste domingo (17), a partir das 2h10, pelo horário de Brasília.

Foto: Getty Images