Esportes de Ação

Vissla Surf Pro tem oito brasileiros eliminados; Kelly Slater estreia na temporada com vitória

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução: WSL / Matt Dunbar

O terceiro dia do Vissla Surf Pro, em Sydney, Austrália, terminou com os brasileiros Flavio Nakagima, Deivid Silva (campeão da etapa de 2018), Victor Bernardo, Wiggolly Dantas, Krystian Kymerson, Yuri Gonçalves, Caio Ibelli e Miguel Pupo eliminados.

Os brasieliros que seguem na disputa do Vissla Surf Pro em Manly Beach são: Jadson André, Michael Rodrigues, Mateus Herdy, Alex Ribeiro, Ian Gouveia e Tomas Hermes, que passaram em primeiro nas baterias e Bino Lopes, Wesley Dantas, Jesse Mendes, que passaram para a próxima etapa em segundo.

Tatiana Weston-Webb é a única brasileira que segue na competição.

Estreia no QS

O terceiro dia  do QS contou com a presença do multicampeão Kelly Slater. O americano estreou na temporada com vitória: “Eu não tenho surfado um evento QS há tanto tempo especialmente em ondas pequenas como esta, então eu estava realmente ciente de que qualquer coisa poderia ter acontecido hoje”, disse Slater. “Não há um monte de separação entre os surfistas quando as ondas são assim. Ele realmente se resume a quem recebe as melhores ondas, mas eu também sabia que os três caras que eu estava contra são realmente talentosos e super competitivos. Chegando na praia hoje foi muito louco com todas as pessoas – eu poderia realmente sentir a energia que está sendo focado em mim, especialmente porque eu não tenho surfado aqui há tanto tempo”, completou Kelly que disputou a bateria com o espanhol Vicente Romero, o brasileiro Victor Bernardo e o marroquino Ramzi Boukhiam.

O Vissla Sur Pro termina no próximo domingo (24).

Leia Mais: Yuri Gonçalves passa de fase e Brasil terá 18 representantes na próxima etapa do Vissla Surf Pro, na Austrália