Walter diz que saída do Corinthians está certa desde de janeiro: ‘Estou em paz’

O goleiro Walter realmente não vai renovar com o Corinthians. O próprio jogador admitiu após o empate contra a Ferroviária e disse que isto já não é novidade para ele, já que havia recebido a notícia da diretoria no início da temporada.

Roberto Junior
Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.

Crédito: Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Na saída de campo, o goleiro reserva do Corinthians conversou com a Rádio Bandeirantes e garantiu estar tranquilo para seguir fazendo o seu melhor.

“Eu já sabia desde janeiro, e eu não mudo meu jeito de ser. Tenho que dar o meu melhor aqui dentro, todo mundo sabe e estou em paz. É seguir em frente, isto no futebol faz parte”, declarou.

Walter, que entrou no lugar do Cássio que sentiu a coxa, também citou lamentou a saída após ter criado um laço grande dentro do Corinthians.

“Tem ‘N’ situações, é difícil falar se eu queria ou não renovar. Estou há seis anos aqui, então se cria um vínculo muito grande com o staff, geral… é muito legal isso e forma uma família. Então faz parte, é seguir em frente e trabalhando”, acrescentou.

Duílio Monteiro Alves, diretor do Corinthians, também falou pela primeira vez sobre o assunto e admitiu que Walter vai deixar o clube ao fim da temporada. 

A última vez que Walter havia jogado foi em outubro de 2018. Ele não negou que sentiu o ritmo pela longa ausência de jogos.

“Foi um pouquinho difícil (contra a Ferroviária), faz um tempinho que eu não estava jogando, mas conseguimos um empate no finalzinho com o Gustavo que entrou bem e ajudou todo mundo”, concluiu.