4 motivos para acreditar na classificação do São Paulo diante do Palmeiras

O São Paulo visita o Palmeiras no Allianz Parque neste domingo (7), às 16h (de Brasília), pela semifinal do Campeonato Paulista.

João Pedro Oliveira
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Facebook oficial do São Paulo

O São Paulo chega motivado para o clássico contra o Palmeiras apesar da partida ser fora de casa. O Tricolor Paulista tem que estar preparado para suportar a pressão da torcida alviverde e do time comandado por Felipão. Mesmo com o atacante Pablo fora do Choque-Rei, o São Paulo busca vencer o rival de qualquer forma. Veja 4 motivos que podem levar o Soberano à final do Paulistão 2019:

Chegada de Cuca

A chegada do novo treinador no vestiário são-paulino com certeza injetou ânimo e confiança entre os jogadores. Além disso, o renomado comandante conhece bem o lado adversário dessa semifinal, já que foi o treinador do título do Campeonato Brasileiro de 2016 do Palmeiras.

Tabu a ser quebrado

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

O Tricolor tem um fato que o incomoda há anos. Faz 16 anos que o time do Morumbi não chega a final de um Campeonato Paulista, a última foi em 2003, quando foi vice para o Corinthians. O último título do São Paulo no Paulistão foi em 2005, quando foi campeão por pontos corridos.

Aposta nas crias de Cotia

Cuca deverá ter quatro garotos revelados em Cotia entre os titulares: Luan, Liziero, Igor Gomes e Antony. O quarteto comandou a classificação contra o Ituano, pelas quartas de final, quando Igor Gomes marcou os dois gols, e também jogou no empate sem gols contra o próprio Palmeiras, pela primeira semifinal, no Morumbi.

Apoio da torcida às vésperas do Choque-Rei

Em uma estimativa divulgada pela assessoria do São Paulo, cerca de 30 mil torcedores compareceram ao estádio para acompanhar o treinamento manhã deste sábado (6). O clube precisou abrir outros setores do estádio para comportar a presença do público – o ingresso era trocado por um quilo de alimento não perecível. Os tricolores incentivaram os jogadores desde a ida para o gramado, gritando os nomes de todos eles.

LEIA MAIS:

São Paulo não contará com Pablo em clássico com o Palmeiras