5 jogadores que podem decidir para o Manchester United contra o Barcelona

O Old Trafford recebe um dos maiores clássicos do futebol mundial nesta quarta-feira (10), às 16h00, de Brasília. Manchester United e Barcelona entram em campo buscando uma vaga para a semifinal da UEFA Champions League, em um duelo que é um dos mais esperados das quartas de final.

Antonio Carlos Junior
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Manchester United/Twitter

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

Confira cinco jogadores que podem decidir a partida para os Reds:

 

O duelo é muito importante para o United, que busca uma vitória em casa para chegar com vantagem para decidir o confronto no Camp Nou, em Barcelona. Já o time espanhol é considerado para o confronto devido ao poderio ofensivo, entretanto, a lembrança da eliminação para a Roma na última edição ainda incomoda os torcedores.

A equipe inglesa vem de derrota para o Wolves na Premier League, e perdeu três de seus últimos seis jogos. Embora o momento não seja dos melhores para o Manchester United, o treinador Solskjaer confia num bom resultado, “Só vai ser decidido após os 90 minutos no Camp Nou, Nós vamos jogar o nosso melhor para levar um bom resultado para Barcelona”, comentou o comandante do United.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

O Barcelona lidera o campeonato espanhol e viu sua vantagem aumentar para 11 pontos ao vencer o Atlético de Madrid no último final de semana. Comandados por Messi, que já anotou 41 gols e 15 assistências na temporada, o Barça venceu cinco dos seus últimos seis jogos e vem embalado para o duelo contra o United.

LEIA MAIS

Sabe tudo sobre o Corinthians? Faça o teste e comprove!

Sabe tudo sobre o Palmeiras? Faça o teste e comprove!

Está em dúvida sobre qual curso de faculdade escolher?

Internacional celebra 110 anos; relembre 13 ídolos do Colorado

Relembre a última vez que o Real Madrid não passou das oitavas na Champions

Craque Daniel zoa Messi: “Correrá atrás de uma marca que nem Pelé tem, o tri-vice da Copa América”