Eliminada do Campeonato Italiano, Adenízia pode faturar o prêmio de maior bloqueadora pelo 3º ano seguido

O Scandicci foi eliminado do Campeonato Italiano nesta quinta-feira (25), pelo Novara, de Paola Egonu, mas Adenízia ainda pode faturar um prêmio na competição. A brasileira lidera a estatística de maior bloqueadora do campeonato, e pode levar a honraria pela terceira temporada consecutiva.

Andressa Fischer
Gaúcha, 22 anos | Escrevo sobre vôlei, futebol feminino e dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Reprodução/Facebook

Adenízia tem 90 pontos de bloqueio no Campeonato Italiano, 10 a mais que a segunda colocada, que também já foi eliminada da competição, Kakolewska. Veljkovic, do Novara, vem logo atrás com 75 pontos no fundamento e pode ultrapassar a ex-jogadora do Osasco, já que ainda tem cinco jogos para fazer.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique aqui e se inscreva!

A central se transferiu para o time italiano em 2016, após sair do clube paulista, onde ficou quase duas décadas. Nas temporadas anteriores o recorde foi maior, 107 na edição passada, e 120 na primeira em solo estrangeiro.

As finais da competição serão disputadas pelos arquirrivais Novara e Conegliano, entre os dias 01 e 12 de maio. E certamente a brasileira estará de olho nas suas rivais.

LEIA MAIS

Saiba onde assistir ao segundo jogo da final da Superliga Feminina AO VIVO na TV