Ídolo do Palmeiras, Alex compara Mundial de 2000 do Corinthians e Taça Rio de 51

O ex-jogador Alex, ídolo do Palmeiras, foi mais um a entrar na polêmica sobre o título da Taça Rio de 1951 do Palmeiras. Para defender sua tese de que o Verdão é sim campeão do Mundo, o meia comparou com o título mundial do Corinthians de 2000. A entrevista foi concedida com exclusividade ao UOL Esporte.

Joao Vitor Rocha
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/ESPN

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

“Eu estava no Pré-olímpico com a seleção. Vi como uma competição que a Fifa, a Conmebol e a Uefa liberaram seus clubes para jogar, deram o nome de Mundial e o Corinthians ganhou. Para mim, é campeão mundial. Eu não discuto o título, eu discuto o critério […] O critério é discutível, mas o título do Corinthians não. o Corinthians enfrentou os adversários, venceu. Venceu o Vasco na final, e isso não se discute”, disse Alex.

A principal reclamação do ídolo palmeirense é o fato do Alviverde não ter sido um dos convidados para a competição. Os dois representantes do Brasil no Mundial de 2000 foram Corinthians e Vasco. O clube do Parque São Jorge como representante do País sede, campeão brasileiro de 1999, e o Gigante da Colina como campeão da Libertadores de 1998. O Palmeiras era o atual campeão da Liberta, e ficou prometido que disputaria a edição de 2001. Porém, não houve sequência no torneio.

“É a mesma coisa. Entra naquela “Ah, a Fifa reconheceu, a Fifa não reconheceu”. Para mim, a Fifa não tem moral nenhuma para reconhecer ou desconhecer alguma coisa. [O Palmeiras] jogou 51, era considerado um campeonato mundial? Era? Então beleza, o Palmeiras é campeão do mundo. A mesma coisa eu olho para os outros participantes, para os outros ganhadores”, comparou o ídolo do Verdão.