Bell’s Beach e Royal St. Andrews agitam o surfe mundial nessa semana (22-28/04)

No surfe prossional, o brasileiro Ítalo Ferreira defende o título em Bell’s Beach, na Austrália. Ítalo terá de passar pelo australiano Jack Freestone na 13a bateria da rodada eliminatória. Ao todo, 32 surfistas disputam vagas de caráter eliminatório na competição em Bell’s, no sul da Austrália.

Joao Gabriel Tavares
Colaborador do Torcedores

Crédito: Facebook/ Reprodução

O evento em Bell’s esteve parado por três dias devido a falta de ondas, mas voltou neste domingo (21). É esperado para essa semana disputas em duplas de caráter eliminatório. Dez brasileiros estão entre os 32 surfistas com chances de vitória no evento da WSL (World Surf League, na sigla em inglês).

No ranking do Men’s Championship Tour, Ítalo Ferreira está atualmente na primeira posição por conta da vitória em Queensland, primeira competição do CT 2019. O norte-americano Kolohe Andino, o sul-africano Jordy Smith, o havaiano John John Florence e o brasileiro Gabriel Medina seguem logo abaixo de Ítalo no ranking do CT. Um swell é esperado durante a semana, o que dará reinício à competição em Bell’s.

Pela disputa feminina, o torneio já está em suas oitavas. A brasileira Tatiana Weston-Webb é a única representante do país com chances de vitória. Ela terá pela frente que vencer a costa-riquenha Brisa Hennessy, atual número 9 do ranking feminino. Tatiana Weston-Webb está empatada na quinta colocação com a já veterana Setephanie Gilmore. Caroline Marks, Carissa Morre, Sally Fitzgibbons e Malia Manuel estão nas primeiras posições do ranking, até o momento.

O próximo evento do Tour Mundial será apenas na metade de maio na Indonésia. Já pela divisão de acesso ao CT, esta semana ocorre o Royal St. Andrew’s Hotel Port Alfred Classic. A competição será disputada tanto nas divisões masculina quanto na feminina, valendo um total de 1.000 pontos no ranking.

A competição masculina do Royal St. Andrews está em suas quartas de final, sendo um total de quatro surfistas por bateria. A imensa maioria dos atletas são locais da África do Sul, mas há australianos e um mexicano. Na disputa feminina, que também está nas quartas de final, há uma brasileira, Julia Camargo.

LEIA MAIS

Eliminações e grandes ondas agitam o segundo dia do Rip Curl Pro Bells Beach

Rip Curl Pro Bells Beach: nova geração de surfistas brilha no evento

Matheus Navarro e Daniela Rosas ganham o Rip Curl Pro Playa Grande Argentina