Candidato na eleição do Corinthians é autor de vídeo pró-Ditadura divulgado por Bolsonaro

O empresário Osmar Stábile, candidato a vice-presidente do Corinthians em uma das chapas na última eleição realizada em 2018, revelou ao site Congresso em Foco que é o autor do vídeo pró-Ditadura Militar divulgado pela equipe do Presidente da República, Jair Bolsonaro, aos jornalistas.

Renan Prates
Jornalista de esportes desde 2005, com passagem pelo UOL e Terra. Editor de comunidades do Torcedores.com e blogueiro do renanprates.com

Crédito: Reprodução/Facebook

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

Stábile chegou até a anunciar que seria candidato à presidência do Corinthians no pleito vencido por Andrés Sanchez, mas desistiu para ser vice na chapa de Antônio Roque Citadini e Augusto Melo.

O empresário do ramo da metalurgia também se candidatou a vice-presidente nas duas eleições anteriores: em ambas, sua chapa perdeu para a chapa comandada por Roberto de Andrade (em 2012, Stábile apoiou Paulo Garcia; em 2015, ele também estava na chapa de Antônio Roque Citadini).

Também em entrevista ao Congresso em Foco, Piraci de Oliveira, ex-diretor do Palmeiras e que representa Stábile, disse que o empresário nunca esteve com o presidente Jair Bolsonaro, nem repassou o vídeo a ele. “O vídeo foi encaminhado para grupo de amigos. Ele faz vídeos desse tipo…Não há dinheiro público envolvido nem qualquer relação com o Estado”..

Confira a íntegra da nota enviada por Osmar Stábile ao Congresso em Foco clicando aqui.

O vídeo apócrifo foi divulgado pelo Palácio do Planalto aos jornalistas via Whatsapp no dia 31 de março, que o Golpe Militar completou 55 anos de existência. Confira abaixo: