Futebol

Cristiano Ronaldo custou quase o dobro para a Juventus do que foi pago por todo o time titular do Ajax

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/Juventus

A Juventus investiu no maior artilheiro da história da Liga dos Campeões para conseguir chegar ao título, que não vem desde a temporada 1995/1996. Porém, nem Cristiano Ronaldo conseguiu segurar o jovem time do Ajax, que foi a Turim, bateu a Vecchia Signora por 2 a 1, e está na semifinal da competição continental.

Porém, um dos pontos que mais chama a atenção no confronto é exatamente o choque de investimentos. Enquanto a Juventus foi a Madri e pagou cerca de 100 milhões de euros para tirar Cristiano Ronaldo do Real Madrid, o Ajax rodou não só a Europa, mas também a América do Sul, para montar o time titular que custou metade do que foi pago pelos italianos por um só jogador.

Cinco jogadores do Ajax foram formados nas próprias divisões de base do clube. São eles o lateral-esquerdo marroquino Mazraoui, o zagueiro De Ligt, autor do gol da classificação, o lateral-direito Veltman, o meio-campista Van de Beek, que marcou o gol do empate, e seu companheiro Frenkie De Jong, já comprado pelo Barcelona por 75 milhões de euros.

As compras do Ajax para formar o time titular que derrotou a Juventus são, em ordem de preço, o zagueiro e lateral-esquerdo Daley Blind, que veio do Manchester United e se destacou na Copa do Mundo de 2014, por 16 milhões de euros, o meia Tadic, que veio da Premier League por 15 milhões de euros, o brasileiro David Neres, tratado como joia no São Paulo, por 12 milhões de euros, o meia-atacante Ziyech, por 11 milhões de euros, e o goleiro nigeriano Onana, por míseros 150 mil euros, totalizando 54,15 milhões de euros.

Leia mais:
Torcida da Juventus detona time e treinador após eliminação para o Ajax: “uma vergonha!”

Juventus perde em casa para o Ajax e está eliminada da Champions League; assista aos gols

Hernanes desabafa e lembra início ruim do São Paulo: ‘há um mês atrás, éramos a escória’