Esposa de Tony Ferguson retira ordem de restrição contra lutador

Tony Ferguson teve uma ordem de restrição imposta contra si pela esposa, Cristina, retirada. Segundo o MMAFighting, não houve justificativa pela retirada da ordem contra o lutador peso-leve do UFC.

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhidaFormado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo pareciod.

Crédito: Divulgação/Facebook Oficial UFC

Haveria uma audiência entre as partes no último dia 5, mas esta acabou cancelada. O advogado que cuida do caso, Jeffery Heath, não quis informar detalhe sobre o assunto envolvendo o lutador.

“Não há mais pendências relacionadas ao assunto”, se limitou a dizer o advogado.

Tony Ferguson teve a ordem de restrição emitida pela esposa para que, segundo o pedido, trazer ajuda psiquiátrica ao lutador. Nos relatos de Cristina, ‘El Cucuy’ teria apresentado diversos tipos de comportamentos considerados fora do comum, como afirmar que seu filho era Jesus Cristo e outros tipos de atos semelhantes.

Houve a especulação de que houve violência doméstica no caso, mas Ferguson jamais foi indiciado ou até preso por qualquer acusação. Em um dos casos, o lutador teria levado o filho do casal da casa dos pais e tentado impedi-la de ver a criança por quase uma semana.

Desde então, o peso-leve tem se mantido afastado das lutas e, em postagem recente nas redes sociais, disse que vem obtendo a ‘ajuda necessária’ para se recuperar.

LEIA MAIS

Chefe do antidoping do UFC diz que ainda investiga caso envolvendo Borrachinha

(Crédito da foto: Divulgação/Facebook Oficial UFC)