Fernando Diniz destaca pontos fortes do Santa Cruz e alerta para evitar “zebra” na Copa do Brasil

A vitória por 2 a 0 do Fluminense sobre o Santa Cruz não foi suficiente para o técnico Fernando Diniz ver o tricolor com vantagem para avançar na Copa do Brasil. Os times se enfrentam nesta quinta (25) no Recife.

Bia Palumbo
Colaborador do Torcedores

Crédito: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.

“Será um jogo difícil. Temos que ir com força máxima e bastante atenção lá. A gente sabe que a torcida deles é empolgante lá no Arruda. Temos que encarar o jogo com seriedade. O Santa Cruz é um time muito bem treinado, o Leston Jr. sabe muito bem montar equipes. Acredito que nossa equipe vai chegar em boas condições, mas temos que impor toda nossa energia para se dar bem lá”, analisou Fernando Diniz.

Até mesmo uma derrota por um gol de diferença classifica o tricolor carioca para as oitavas de final. Caso o Santa Cruz vence por dois gols de vantagem haverá decisão por pênaltis. O empate também favorece o Fluminense.

Eleito o melhor técnico do Campeonato Carioca, Fernando Diniz ficou surpreso ao receber o prêmio. “Não esperava. Estou satisfeito pelo trabalho reconhecido mesmo sem ter chegado à final do campeonato. Devo agradecer a todos os jogadores. Tivemos que ralar bastante para dar um padrão de jogo ao time, mas os jogadores anseiam por jogar bem. A adesão ao estilo de jogo costuma ser rápida. Tivemos oscilações, mas o saldo foi positivo de maneira geral. O time está criando uma cara, fez um bom Campeonato Carioca, está indo bem na Copa do Brasil e na Sul-Americana. A gente tem que se preocupar com aquilo que a gente tem de melhor e procurar apresentar isso dentro de campo para dar alegria ao nosso torcedor”, concluiu.

Após o jogo diante do Santa Cruz na quinta (25), às 21h30 (de Brasília), o tricolor entra em campo no domingo (28) contra o Goiás na estreia do Brasileirão.

Seleção do Campeonato Carioca 2019
Goleiro: Jefferson Paulino (Bangu)
Lateral direito: Gilberto (Fluminense)
Zagueiro: Leandro Castán (Vasco)
Zagueiro: Rodrigo Caio (Flamengo)
Lateral esquerdo: Renê (Flamengo)
Volante: Cuéllar (Flamengo)
Volante: Lucas Mineiro (Vasco)
Meio-Campo: Marcos Junior (Bangu)
Meio-Campo: Everton Ribeiro (Flamengo)
Atacante: Bruno Henrique (Flamengo)
Atacante: Gabriel Barbosa (Flamengo)
Técnico: Fernando Diniz (Fluminense)
Técnico Revelação: Ado (Bangu)

LEIA MAIS:
Copa do Brasil: confira o que de mais importante vai rolar durante esta semana