Substituído, Diego Alves relata dores e será reavaliado no Flamengo

O Flamengo entrou em campo pela Libertadores nesta quarta (24) e perdeu para a LDU no Equador. Titular, o goleiro Diego Alves deixou o campo com um problema nas costas.

Bia Palumbo
Colaborador do Torcedores
Diego Alves, goleiro do Flamengo

Crédito: Alexandre Vidal / Flamengo

“Senti um incômodo na lombar onde não conseguia mais fazer movimento. Depois de seis horas de voo é difícil falar como está, dar mais detalhes. Acredito que seja lombalgia ou algo assim nesse sentido, mas à tarde vou passar pelo médico. Vou pensar em me recuperar o mais rápido possível”, comentou Diego Alves nesta manhã ao desembarcar no Brasil. O Flamengo se reapresenta às 16h (de Brasília) no CT Ninho do Urubu.

VÍDEO: ASSISTA AOS MELHORES MOMENTOS DE LDU x FLAMENGO

Sobre a derrota, ele ainda admitiu que o Flamengo não teve um bom desempenho em Quito. “Tivemos dois jogos na altitude e quando isso acontece os times da casa sabem o que fazer para nos complicar. Comentei até com o Eric Faria, repórter da TV Globo, que durante o aquecimento percebi uma espécie de poça em duas partes do campo. O local estava muito úmido, e sabia que se a bola viesse rápida seria difícil de parar. São coisas do jogo, mas não podemos ficar presos a isso. Infelizmente não conseguimos desenvolver o que havíamos feito nos jogos anteriores”, analisou o goleiro.

CLASSIFICAÇÃO: VEJA A ATUAL SITUAÇÃO DO FLAMENGO NA LIBERTADORES

Apesar disso, Diego Alves está confiante na classificação do Flamengo, que precisa de um empate contra o Peñarol em Montevidéu para avançar às oitavas de final da Libertadores. “Estamos tristes, é lógico. A gente nunca pensou em ir lá e perder o jogo, ainda mais porque começamos ganhando, mas o grupo está em aberto, temos totais condições em classificar porque depende apenas de nós”, finalizou.

O Flamengo volta a campo no sábado (27), quando recebe o Cruzeiro na estreia do Brasileirão.

LEIA MAIS:
Libertadores: Flamengo segue líder do grupo D mesmo com derrota; veja a classificação atualizada
Após Flamengo sofrer virada na Libertadores, Diego projeta “jogo de vida ou morte” contra o Peñarol