Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Folha salarial do Fla banca San José por 17 meses; só Gabigol pagaria dois meses dos salários dos bolivianos

Flamengo x San José é um dos jogos da quarta rodada do Grupo D da Copa Libertadores da América. A partida acontece no estádio Jornalista Mario Filho, popularmente conhecido como Maracanã, nesta quinta-feira (11), às 21h (Horário de Brasília). A peleja reúne dois times que, embora na mesma chave, pertencem a categorias bem diferentes no futebol sul-americano. Economicamente falando, então, a disparidade é ainda maior. Uma rápida análise da folha salarial dos dois elencos exemplifica isso.

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Marcelo Cortes/CR Flamengo

A atual folha salarial do clube rubro-negro gira em torno de R$ 12 milhões e R$ 13 milhões, decerto. Com tal montante, é possível pagar cerca de dezessete meses dos encargos do clube boliviano – que gira em torno de R$ 771 mil, enfim. Sim: em termos de salários, o Fla representa cerca de um ano e meio do time de Oruro, aliás. O Flamengo x San José de hoje reúne tais agremiações, inclusive.

Somente Gabriel Barbosa, popularmente conhecido como Gabigol, recebe, mensalmente, cerca de R$ 1,25 milhão. O montante representa cerca de dois meses dos salários de todos os jogadores do clube boliviano. As “estrelas” da equipe de Oruro são o goleiro Carlos Lampe e, também, o meia argentino Javier Sanguinetti. Eles ganham por volta de R$ 60 mil.

O valor das negociações que envolvem as duas equipes no confronto Flamengo x San José também é muitíssimo díspare. A grande contratação desse ano do time da Bolívia foi um brasileiro. Edivaldo Rojas custou cerca de R$ 2,6 milhões para o clube, que o contratou junto ao Sport Boys Warnes. Tal valor é apenas 4% do que o Rubro-Negro desembolsou para trazer Giorgian de Arrascaeta do Cruzeiro. Ele chegou pelo valor de R$ 63,7 milhões. As informações são do portal Transfermakt.

LEIA MAIS
Em entrevista, Campello afirma que mudança do local de Vasco x Flamengo aconteceu por economia
Após desencantar, Gabigol espera deslanchar no Flamengo: “Não tenho motivos para me apavorar”
Com 35 mil ingressos já vendidos, Flamengo x Cabofriense terá operação especial do MetrôRio