Futebol

Goleira Bárbara eterniza suas mãos na Arena Pernambuco

Publicado às

Colaborador do Torcedores

goleira Bárbara

Crédito: Crédito: Rafael Ribeiro/CBF

A goleira Bárbara, medalhista olímpica pela seleção brasileira de futebol recebeu, na manhã desta quarta (17), homenagem do espaço Pernambuco Imortal, localizado na Arena Pernambuco. A atleta é a 19ª homenageada do local. Nascida no Recife, seu nome foi escolhido, pela sua história com o esporte brasileiro.

A jogadora eternizou suas mãos no Memorial. Além da goleira Bárbara, nomes como Ricardo Rocha e Rivaldo, representando o futebol, Yane Marques, do pentatlo moderno, Joanna Maranhão e Adriana Salazar, da natação, Phelipe Rodrigues, da paranatação, são alguns dos atletas que já receberam tal homenagem.

O secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco, Rodrigo Novaes, falou sobre o evento:

“A Arena de Pernambuco segue com o trabalho de manter viva a memória do esporte no Estado; mais uma vez presta uma justa homenagem. Bárbara se destaca nos gramados mundo afora e é motivo de grande orgulho para os amantes do futebol não só em Pernambuco, mas em todo o País”

Os nomes dos homenageados são escolhidos através de um comitê, formado pela Secretaria de Educação e Esportes do Estado. Além dessa homenagem, a goleira receberá outra condecoração: será a atleta homenageada na 60ª edição dos Jogos Escolares de Pernambuco.

Carreira de Bárbara

Atualmente defendendo o gol do Kindermann, clube de Santa Catarina, a goleira Bárbara foi condecorada no hall da fama do esporte pernambucano. A goleira começou sua carreira no Sport; competiu nos Jogos Escolares de Pernambuco, em futsal e handebol. Só depois, a jogadora encontrou seu lugar no futebol.

Desde 2005, Bárbara é jogadora da seleção brasileira de futebol. Participou da conquista das medalhas de ouro nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, em 2007 e em Toronto, em 2015. Além disso, fez parte da equipe que alcançou a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008.

A goleira ainda tem mais duas medalhas de prata, que foram conquistadas nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, em 2011 e na Copa do Mundo da China, em 2007.

LEIA MAIS:

Galvão Bueno vai narrar jogos da Seleção Feminina de Futebol durante Copa do Mundo

Pela primeira vez, seleção brasileira feminina de futebol terá camisa exclusiva

VAR na Copa do Mundo Feminina é recomendado pelo Comitê Organizador da Fifa