Grêmio perde para a Universidad Católica no Chile e se complica na Libertadores

O Grêmio foi até Santiago, no Chile, nesta quinta-feira (04), precisando da vitória para seguir vivo na Libertadores. Mas não foi o que aconteceu. Irreconhecível, o Tricolor foi dominado pela Universidad Católica e se complicou de vez na competição: 1 x 0.

Andressa Fischer
Gaúcha, 22 anos | Escrevo sobre vôlei, futebol feminino e dupla Gre-Nal.

Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Foi a segunda derrota do Grêmio na Libertadores, que segue sem vencer na competição, e soma apenas um ponto. Agora, o Tricolor foca as suas atuações no jogo de volta da semifinal do Gauchão, contra o São Luiz, domingo (07), na Arena.

O JOGO

Se uma palavra descreve todo o jogo que aconteceu no Chile na noite desta quinta-feira (04), é irreconhecível. Os comandados de Renato Gaúcho jogaram abaixo do normal o tempo inteiro, repetindo a má atuação da partida contra o Libertad.

Sem as principais peças funcionarem, o meio-campo do Tricolor não se entendia e a bola não chegava Diego Tardelli e Éverton finalizarem. E logo no início da primeira etapa, os chilenos aproveitaram uma bobeira da zaga gremista, e com Sáez fuzilaram a meta de Paulo Victor aos 17 minutos: 1 x 0.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique aqui e se inscreva!

Com a desvantagem no placar, os gaúchos precisavam correr para não complicarem a classificação para a próxima fase da Libertadores. Mas em noite pouco inspirada de Luan, Geromel e da dupla de volantes titular do Imortal, ou seja, dos pilares do time, os gremistas se mostravam perdidos em campo e não conseguiam criar.

Na volta do intervalo, Renato manteve o mesmo time e nas primeiras ações da etapa complementar, os tricolores tiveram maior posse de bola e impuseram ritmo de jogo. No entanto a bola parecia queimar no pé dos principais jogadores da equipe. Nada funcionava.

Vendo o camisa 7 sem inspiração em campo, o treinador colocou Jean Pyerre em seu lugar. E ainda trocou Tardelli por André. Após a entrada da dupla, o time parecia reagir na partida, mas parava no bloqueio muito bem montado pelos chilenos, que depois do gol passaram a “morar” no próprio campo.

O jogo foi se arrastando assim, com os donos da casa tendo as oportunidades de gol, em saídas no contra-ataque, pegando a defesa tricolor de surpresa. Mas Kannemann e Paulo Victor não deixavam a situação piorar, e a partida seguiu igual até o apito final do árbitro.

Agora o Tricolor precisa os três jogos restantes na fase de grupos, para sonhar com a classificação ao mata-mata. O lado positivo é que duas partidas serão em casa: contra Rosário Central e Libertad.

LEIA MAIS

Grêmio perde para a Universidad Católica e segue com apenas um ponto na Libertadores; veja o gol da partida

Grêmio perde para a Católica, se complica na Libertadores e motiva piadas na web