Internacional celebra 110 anos; relembre 13 ídolos do Colorado

Fundado em 4 de abril de 1909, o Internacional de Porto Alegre comemora 110 anos nesta quinta-feira. O Torcedores.com relembra alguns dos mais célebres ídolos da equipe, confira:

Antonio Carlos Junior
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/Internacional

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

FALCÃO
Volante extremamente técnico, Paulo Roberto Falcão brilhou nos gramados do futebol com a camisa do Inter. Comandando o meio de campo da equipe gaúcha, Falcão levantou oito taças (5 estaduais e 3 brasileiros) como jogador colorado. O craque encantava com sua classe dentro de campo, era cirúrgico nos lançamentos e aliava o gigantesco poder ofensivo a uma marcação extremamente forte. Muito inteligente, Falcão dominava tanto a parte técnica quando a tática dentro do campo. Na Itália atuou pela Roma, onde recebeu a alcunha de “Rei de Roma” e encantou também os italianos.

CARPEGIANI
Paulo César Carpegiani dividiu os gramados com Falcão até a metade da década de 1970. Vindo do futebol de salão, Carpegiani demonstrava uma habilidade impressionante com a bola nos pés, além de uma grande visão de jogo e passes que deixavam seus companheiros em frequentemente em condições de gol. Em 1977 assinou com o Flamengo, antes disso no entanto, venceu nove títulos com a camisa do Inter (7 estaduais e 2 brasileiros).

FIGUEROA
O zagueiro chileno é outro dos grandes ídolos do Colorado da década e 1.970. No Inter foram oito títulos e muitos aplausos da torcida. Em 1975 foi eleito o melhor jogador do campeonato brasileiro e com méritos, foi dele o gol que garantiu o título do Colorado contra o Cruzeiro. Com excelente impulsão e ótimo na marcação, Figueroa era um zagueiro praticamente perfeito.

VALDOMIRO
O ponta-direita venceu todos seus 13 títulos atuando pelo Inter, onde jogou praticamente toda a carreira. Com grande velocidade e um chute extremamente potente, além de se dedicar na marcação e ser excelente nas bolas paradas, Valdomiro viraria ídolo da equipe rapidamente. Até hoje ele é o único jogador a vencer o Gaúchão oito vezes.

MAURO GALVÃO
Entre 1979 e 1986 Mauro Galvão brilhou com a camisa do Inter, onde conquistou cinco títulos. Muito técnico e com um futebol de classe, avesso a chutões, Mauro Galvão jogou em quase todas as posições, foi inclusive camisa 10 do Inter com o técnico Dino Sani.

TAFFAREL
Famoso pelo bordão de Galvão Bueno (“Sai que é tua, Taffarel”), o goleiro estreou no Colorado em 1985 e ficou na equipe até 1990. Taffarel não conquistou títulos com a camisa do Inter, mas isso seria compensado ao trazer o tetracampeonato do mundo para casa com a seleção brasileira.

LEIA MAIS

Craque Daniel zoa Messi: “Correrá atrás de uma marca que nem Pelé tem, o tri-vice da Copa América”

No dia da ressaca, veja jogadores que tiveram problemas com o álcool

DUNGA
Outro tetracampeão com a seleção brasileira, Dunga começou a carreira no Internacional, embora sua passagem pela equipe tenha sido curta. Foram dois títulos como jogador e outro como treinador, em 2013, e muitos momentos de raça para os torcedores relembrarem.

GAMARRA
Zagueiros que sabem jogar sempre atuaram no Internacional. Após Figueroa e Mauro Galvão, foi a vez de Gamarra aparecer pela equipe gaúcha. O paraguaio venceu um campeonato gaúcho pela equipe.

FERNANDÃO
Artilheiro, técnico e líder, essas eram três das principais características de Fernandão. O atacante chegou ao Inter em 2004 e caiu nas graças da torcida ao marcar o milésimo gol do Grenal.

ADRIANO GABIRU
Apenas pelo gol marcado no mundial de clubes contra o poderoso Barcelona já fariam de Gabiru um grande ídolo do Internacional. O jogador, no entanto, teve outras grandes atuações e virou um dos favoritos da torcida no início dos anos 2000.

ÍNDIO
O zagueiro chegou ao Colorado com 30 anos e atuou por quase dez com a camisa da equipe. Foram quase 400 jogos, 15 títulos e 33 gols, o maior zagueiro artilheiro da história do Colorado, muitos contra o rival Grêmio.

ANDRÉ
Revelado no início dos anos 1990, André logo se tornou um dos grandes goleiros da história do time, onde venceu sete torneios. Excelente embaixo das traves, André era muito seguro e comandava a defesa do time gaúcho.

ABEL BRAGA
Atual treinador do Flamengo, Abelão comandou o Internacional no título da tão esperada Copa Libertadores em 2006. O futebol ofensivo e com muita qualidade ainda trouxe o mundial de clubes ao vencer o poderoso Barcelona.

ÊNIO ANDRADE
A equipe treinada por Ênio Andrade podia alterar a forma de jogar em questão de segundos. O futebol versátil aplicado pelo treinador, rendeu o título invicto do Campeonato Brasileiro de 1979.