Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Italo Ferreira ganha o Red Bull Airborne Gold Coast, o especial de aéreos na Australia

O potiguar Ítalo Ferreira ganhou o show de aéreos na final do Red Bull Airborne Gold Coast, a competição especial de aéreos da World Surf League e fechou a quinta-feira de ondas de 3-5 pés em Duranbah Beach com as esquerdas formando as melhores rampas para voar.

Aline Taveira
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Italo Ferreira (RN) (Matt Dunbar / WSL via Getty Images)

A final aconteceu com mais três brasileiros: com Yago Dora ficando em terceiro lugar, Filipe Toledo em quinto e o jovem Mateus Herdy em sexto.

O campeonato

Yago Dora (SC)

Yago Dora (SC) (Kelly Cestari / WSL via Getty Images)

O Red Bull Airborne estreou no ano passado na França, com o Brasil também levando o título com Yago Dora. O catarinense chegou na final de novo para tentar o bi, mas desta vez quem festejou no alto do primeiro pódio na Gold Coast foi Italo Ferreira. O potiguar mandou um aéreo-reverse de frontside muito alto para vencer a bateria, tirando a vitória do australiano Reef Heazlewood, que terminou em segundo lugar.

“Foi uma final épica”, disse Italo Ferreira. “Foi muito especial disputar um título com o Filipe (Toledo) e o Yago (Dora), que para mim são os dois melhores surfistas em aéreos do mundo. Eu tentei voar o mais alto possível nos primeiros 5 minutos e consegui completar um grande aéreo-reverse para vencer. Foi muito divertido e estou muito feliz pela vitória”.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva

Chegada à final

O potiguar de Baía Formosa, de 24 anos de idade, é conhecido por suas travessuras criativas no ar, realizando alguns dos maiores aéreos nas etapas do Championship Tour. Para chegar na final, Italo Ferreira passou duas baterias de seis competidores cada. A primeira foi na quarta-feira e a outra na quinta-feira, quando avançou para a grande final junto com outros três brasileiros. Yago Dora terminou em terceiro lugar, com outro australiano, Mitch Parkinson, em quarto, Filipe Toledo em quinto e a grande surpresa, Mateus Herdy, em sexto.

Saiba maisEntenda o surfe e as manobras que deixam todo mundo de queixo caído

“Dois anos atrás, tive uma grande lesão no tornozelo aqui mesmo na Gold Coast, que me tirou de várias etapas”, relembrou Italo Ferreira. “É muito louco isso, de estar aqui novamente dois anos depois e agora ganhando uma competição especial de aéreos. Eu nem sei explicar como estou me sentindo e certamente vou levar isso para a competição do CT aqui”.

Saiba tudo sobre surf em Quebrando Quilha!

Quiksilver Pro Gold Coast

O potiguar vai disputar a 13.a vaga para as oitavas de final do Quiksilver Pro Gold Coast com o neozelandês Ricardo Christie, uma das novidades na elite dos top-34 do CT esse ano. O Red Bull Airborne Series terá mais duas edições nesta temporada, na etapa de Keramas em Bali e na de Hossegor na França, onde a competição especial de aéreos da World Surf League estreou no ano passado, também com vitória brasileira de Yago Dora.

Leia mais: O World Surf League Championship Tour 2019 já começou na Australia