Leston Júnior critica atuação do Santa Cruz mas acredita em virada no Arruda: “É possível”

Apesar da atuação ruim do Santa Cruz na derrota por 2 a 0 para o Fluminense no primeiro jogo da quarta fase da Copa do Brasil, o treinador coral Leston Júnior não jogou a toalha. Para ele, o resultado no Rio “não foi uma catástrofe”. E ainda acredita ser possível reverter a vantagem dos cariocas no segundo jogo, na próxima quinta-feira (25).

Gustavo Militão
Jornalista de Recife-PE, apaixonado por esportes.

Crédito: Reprodução/YouTube

Na coletiva pós-jogo, Leston Júnior admitiu que a atuação no Maracanã foi abaixo do esperado. Especialmente no primeiro tempo, onde o Fluminense foi dono completo das ações. Por outro lado, ele viu melhoras no futebol do Santa Cruz, apesar das inúmeras falhas de marcação. “Precisávamos ser mais agressivos na marcação. O primeiro gol desestabilizou. Depois veio o segundo e torcemos para ir para o intervalo para fazer mudanças. Melhoramos, mas já perdíamos de 2 a 0 e isso dificulta para se estabelecer no jogo. Mesmo assim, saímos vivos”, declarou o treinador.

Para o segundo jogo, Leston espera que a equipe tricolor tenha uma postura parecida com a demonstrada no segundo tempo. E aproveitou para convocar a torcida tricolor para comparecer em peso ao Arruda. “Esfriar a nossa torcida é impossível, ela é diferente. Escuto desde que cheguei aqui que ‘se não for sofrido, não é Santa Cruz’. Não é fácil, mas é possível”, enfatizou o técnico.

Todavia a diretoria do clube pernambucano já anunciou a redução dos valores de ingressos para contar com casa cheia na partida da próxima quinta.

LEIA MAIS: VÍDEO: Veja os melhores momentos de Fluminense x Santa Cruz