Polícia investiga 18 após briga entre corintianos e são-paulinos

A Polícia Civil abriu investigação contra 18 torcedores de Corinthians e São Paulo, após briga na manhã de domingo (14), em Ferraz de Vasconcelos. 14 pessoas já foram ouvidas. Foram apreendidos socos ingleses, toucas, pedaços de madeira e celulares, além de veículos.

Joao Vitor Rocha
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/Redes Sociais

O caso será investigado pela DRADE (Delegacia de Polícia de Repressão aos Delitos de Intolerância Esportiva), órgão criado pelo DHPP (Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa). Os envolvidos foram denunciados por lesões corporais, promoção de tumulto e danos.

Após a briga entre os torcedores, 14 pessoas ficaram feridas e nove foram encaminhadas a hospitais da região. Cinco já tiveram alta e quatro seguem internadas.

Briga generalizada

A confusão se iniciou por volta das 10h30. Segundo o UOL Esporte, a polícia acredita que cerca de 200 são-paulinos tenham “armado uma arapuca” para os corintianos. A suspeita é que a briga tenha sido marcada pela internet.