Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Sem Goulart e Scarpa, Palmeiras terá novidades no time que enfrenta o San Lorenzo; veja a provável escalação

Sem os meias Ricardo Goulart e Gustavo Scarpa, o Palmeiras terá novidades na escalação para o duelo contra o San Lorenzo, que ocorre nesta terça-feira (01), às 19h15, no Estádio Nuevo Gasómetro, na Argentina, pela 3ª rodada da fase de grupos da Conmebol Libertadores.

Dayvidson Soares
Jornalista, com passagens por Globoesporte.com, Lance! (Craque do Futuro) e Jornal Gazeta de Alagoas. Apaixonado por futebol e boas histórias.

Crédito: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Goulart ficou em São Paulo para fazer trabalhos específicos na Academia de Futebol do Palmeiras e a decisão já estava decidida antecipadamente pela comissão técnica do clube. O Verdão faz um trabalho preventivo com Goulart, que chegou ao Alviverde enquanto estava em fase de recuperação de uma cirurgia no joelho direito, realizada no final de outubro. Enquanto Scarpa viajou para a Argentina, mas sua avó faleceu nesta segunda-feira (1) e ele precisou retornar ao Brasil.

Moisés ou Lucas Lima podem assumir a vaga de Goulart na equipe titular que enfrenta o San Lorenzo. Já o meia-atacante Gustavo Scarpa deve ser substituído por Felipe Pires.

Outra novidade para o duelo deve ser o retorno de Gustavo Gómez e Luan na zaga. Felipão deve seguir fazendo o rodízio nas laterais e a tendência é que Mayke e Diogo Barbosa também iniciem o jogo.

Assim, a provável escalação do Palmeiras para o duelo da Libertadores é a seguinte: Weverton; Mayke, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Moisés (Lucas Lima); Felipe Pires, Dudu e Deyverson.

LEIA MAIS:

Sem Goulart, Palmeiras chega na Argentina para jogo da Libertadores; veja os relacionados

Base do Palmeiras conquista torneio no Japão com goleada de 8 a 2 na final

Palmeiras é favorito contra o São Paulo no 2º jogo das semifinais do Paulistão? Veja o que Felipão falou

Palmeiras vence o Corinthians e conquista torneio internacional na base