DESTAQUE

Rivaldo desaprova atitude de Coutinho após marcar diante do United: “Não foi um bom gesto”

Publicado às

22 anos, estudante de Jornalismo, amante da escrita, natural de Campina Grande (PB) e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Rivaldo desaprovou a atitude de Coutinho após marcar sobre o Manchester United.

Crédito: Reprodução/Youtube

Philippe Coutinho extravasou após marcar um golaço na vitória do Barcelona sobre o Manchester United, pela Liga dos Campeões. O brasileiro comemorou tapando os ouvidos, sinal claro em resposta das críticas que vem recebendo nesta temporada. Porém, Rivaldo, que fez história no clube catalão, crê que esta foi uma atitude equivocada do meia brasileiro.

Em entrevista ao jornal “Marca”, Rivaldo opinou sobre o gesto de Coutinho no Camp Nou. Para o ex-jogador, é preciso saber lidar com as críticas, e que os torcedores só fazem isso pois saber da capacidade de Coutinho.

“Não foi um bom gesto. Ele marcou um grande gol, mas nunca é bom fazer algo assim para os fãs. O público critica o jogador porque sabe que ele pode dar mais. Eu não sei o que aconteceu com ele durante a semana, o que ele leu nos jornais ou viu na televisão, mas você tem que continuar trabalhando, pensar no próximo jogo e marcar gols. Se ele conseguir gols, tudo mudará”, afirmou.

Diante das atuações irregulares, o nome de Coutinho já foi especulado em uma possível transferência. Porém, Rivaldo não sairia do clube se fosse seu compatriota e afirmou que o camisa 7 precisa aparecer mais em campo

“Eu ficaria. Ele é um grande jogador que não pode sair do Barcelona, porque as coisas não correram bem. Jogar no Barça é impressionante, está na Champions, todas as pessoas falam sobre este time… Você não encontrará outro clube igual ele no mundo”, declarou.

“Deve ter mais personalidade para fazer a diferença. O dia que Messi e Suarez não marcam, ele tem que aparecer. Ele é um jogador com 25 gols por temporada e, além disso, marcou em partidas importantes”, completou.

LEIA MAIS

ÍDOLOS, OBJETIVOS, SONHOS… O QUE MESSI PENSAVA AOS 13 ANOS? VEJA UMA DAS PRIMEIRAS ENTREVISTAS DO CRAQUE ARGENTINO

MBAPPÉ FICA “EM CIMA DO MURO” PARA OPINAR SE PREFERE MESSI OU CRISTIANO RONALDO: “ESCOLHER UM SERIA INSULTAR O OUTRO”

JORNAL ESPANHOL ELOGIA ATUAÇÃO DE ARTHUR DIANTE DO UNITED: “DEU UMA LIÇÃO A POGBA DE COMO JOGAR”