Taubaté faz valer fator casa, bate o Sesi, e empata a série da final da Superliga Masculina

O Taubaté recebeu o Sesi neste sábado (27), pelo segundo jogo da final da Superliga Masculina, precisando de um triunfo para manter vivo o sonho do título inédito na competição. E os comandados de Renan Dal Zotto não decepcionaram. Liderados por Lucarelli, devolveram o placar de 3 x 0 da primeira partida e empataram a série.

Andressa Fischer
Gaúcha, 22 anos | Escrevo sobre vôlei, futebol feminino e dupla Gre-Nal.

Foto: Renato Antunes/Maxx Sports

Agora os dois times voltam a se enfrentar na próxima terça-feira (30), na Arena de Suzano (SP). A partir do terceiro jogo, as partidas terão torcida, equilibrando o duelo nas arquibancadas, e deixando a decisão da final da Superliga Masculina apenas para os jogadores dentro da quadra.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique aqui e se inscreva!

O JOGO

As duas equipes fizeram começaram o jogo com bastante equilíbrio. Mas prevaleceu o mando de quadra. O Taubaté soube controlar o adversário, e com excelente aproveitamento de Lucarelli no ataque, fechou a primeira parcial em 25/23.

Faltavam mais dois sets para a equipe do Vale da Paraíba empatar a série melhor de cinco da final. Dito e feito. Com o time muito coeso em quadra, e o side out funcionando, os donos da casa abriram uma enorme vantagem no placar, fechando a segunda parcial em 25/22.

No último set do confronto, o time da casa deslanchou. O canhoto Abouba entrou no lugar de Leandro Vissotto, e correspondeu: o oposto teve 75% de aproveitamento no ataque. E se os taubateanos já tinham Lucarelli cravando tudo do outro lado da quadra, com o ataque adversário em dia, ficou difícil para a equipe da capital.

Os comandados de Renan controlaram a última parcial com enorme tranquilidade e fecharam logo em 25/20. E com 31% dos votos dos internautas, Facundo Conte foi eleito o melhor em quadra; o argentino somou 11 pontos na partida.

LEIA MAIS

Minas bate Praia Clube e volta a ser campeão da Superliga Feminina após 17 anos

Após 17 anos, enfim campeão! Veja os melhores memes do bicampeonato do Minas na Superliga Feminina