Team One eSports fecha parceria inédita com a Dotz

Nesta segunda-feira (15), a Team One eSports anunciou parceria com a Dotz, programa de fidelidade líder do varejo brasileiro que possui mais de 26 milhões de clientes em todo o país. Quem ganhará com essa parceria serão os clientes e fãs da equipe, pois poderão trocar seus Dotz por entradas para ver a disputada final do Circuito Desafiante de League of Legends, que será realizada no dia 20 de abril em São Paulo.

Bruno Catalão
Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: Reprodução Facebook oficial Team One eSports

Além disso, ainda tem a opção de trocar os Dotz por um combo de entrada com camisetas comemorativa do time. Lembrando que período de troca de Dotz pelos ingressos da Final do Circuito Desafiante de League of Legends será do dia 15 a 19 de abril e os torcedores poderão trocar 1.000 Dotz por 1 Ingresso Plateia ou 2.000 Dotz pelo combo 1 ingresso Plateia + Camiseta comemorativa do time (que será retirada no local do evento).

“Somos a moeda que faz a vida render mais e, por isso, queremos estar presentes em eventos e temas importantes para as pessoas, ampliando as opções que oferecemos aos nossos clientes. Com essa parceria, a Dotz entra no segmento de games e esports e se conectar a um público mais jovem e antenado que tende a concentrar suas compras no e-commerce, uma das principais fontes de acúmulo de Dotz”, explica Guilherme Bayer, Gerente de Marketplace da Dotz.

A Team One eSports fará a final do Circuito Desafiante contra o time Pain Gaming, nos estúdios da BBL, em São Paulo. A disputa vale vaga no CBLOL (Campeonato Brasileiro de League of Legends), o campeonato mais importante da modalidade.

Ao fechar esta parceria com a Dotz, a Team One sai na frente ao ser a primeira a fechar um patrocínio não endêmico para a final do Circuito Desafiante, ou 2ª Divisão do CBLOL. “Ficamos muito felizes com esta oportunidade, onde mais uma vez atraímos marcas não endêmicas para investir e conhecer os esports. Esperamos que a Dotz, assim como a CCP e Lupo, comprovem que o esports não tem barreiras e que todos podem se conectar com a nossa torcida. Essa final reedita a final do CBLOL de 2017. Acredito que ambas as equipes hoje são melhores que aquelas e teremos um jogão!”, afirma Alexandre Kakavel Peres, Diretor da Team One e líder da torcida dourada.

De acordo com projeções do banco americano Goldman Sachs, a receita dos esportes eletrônicos pode chegar a US$ 2,96 bilhões até 2022. Segundo a Newzoo, empresa de pesquisas especializada em games e eSports, trata-se de um mercado de 75,7 milhões de jogadores no Brasil (13º no ranking mundial em 2018).

LEIA MAIS:

Fortnite apresenta uma série de problemas durante o último fim de semana