Com 38 pontos de Egonu, time da brasileira Adenízia toma virada e é eliminado no Campeonato Italiano

O Scandicci, da brasileira Adenízia, chegou a abrir 2 x 1 em sets nesta quinta-feira (25) contra o Novara, mas deixou as adversárias virarem o placar, e acabou eliminado no jogo quatro da semifinal do Campeonato Italiano.

Andressa Fischer
Gaúcha, 22 anos | Escrevo sobre vôlei, futebol feminino e dupla Gre-Nal.

Crédito: Reprodução/Facebook

Comandado por Egonu, autora de 38 pontos na partida, o Novara virou a partida sobre o Scandicci e se classificou para a final do Campeonato Italiano. O confronto terminou 3 x 2 para o time da oposta italiana, em parciais de: 25/16, 21/25, 13/25, 25/21 e 21/19.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique aqui e se inscreva!

O JOGO

Querendo fechar logo a série e não dar chance para o azar, o Novara tratou de se impor na casa do rival e aplicou logo um 25/16 na primeira parcial. Mas, as donas da casa não queriam se despedir da competição tão cedo, e voltaram mais concentradas nos sets seguintes.

Pois se as visitantes tinham Egonu, as donas da casa tinham Isabelle Haak como a válvula de escape da equipe. Comandado pela sueca, dona de 24 pontos no jogo, e pelo excelente volume de jogo imposto pela ponteira Lucia Bosetti, o Scandicci comandou as duas parciais seguintes e virou o jogo: 25/21 e 25/13.

Mas no quarto set o campeão da Copa Itália 2018/19 voltou a comandar o jogo, e fechou a parcial em 25/21. No tie-break, parecia que o a equipe visitante iria levar fácil. Mas no saque da oposta sueca, as donas da casa voltaram pro jogo, e transformaram um 14/11 em 15/14.

As duas equipes foram trocando pontos e quase chegaram ao placar de um set normal. Mas o dia era dela. Paola Egonu, tratou de frear os ímpetos das adversárias no território rival, e marcou o seu 38º ponto no confronto: 21/19 no quinto set e classificação para a final garantida.

LEIA MAIS

Lube Civitanova, de Bruninho e Leal, elimina Trentino e se classifica à final do Campeonato Italiano