Vasco entra na Justiça contra ‘ato abusivo’ em ceder Maracanã para dupla Fla-Flu

Nesta sexta-feira (12), o Governo do Rio de Janeiro selou a parceria entre Flamengo e Fluminense para que ambos se tornassem administradores do Maracanã. No entanto, o Vasco já se prepara na Justiça para tentar barrar este acordo.

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Foto: Divulgação

O clube entrou com uma ação conta a decisão do governo fluminense, afirmando que se tratou um ato ‘abusivo e ilegal’. O Globoesporte.com também aponta que o Gigante da Colina alega que, como não houve licitação para a administração do estádio, esta deveria ser anulada.

Para o Vasco, o fato da dupla Fla-Flu já ter contratos para explorar o Maracanã e o prazo para o envio de propostas beneficiou ambos. O Cruzmaltino tentou um acordo para tentar fazer parte da parceria, sem conseguir sucesso. Com isso, abriu espaço para a parceria entre Flamengo e Fluminense.

Uma ação popular de Luís Manoel Fernandes, presidente do Conselho Deliberativo do clube, também mostra o protesto vascaíno contra a parceria. Wilson Witzel, governador do estado do Rio, disparou contra o Vasco durante a assinatura da parceria.

“Lamentável. O Vasco poderia ter participado, mas não quis. Quando eu ainda estava no tribunal, chamava isso de ‘news sperneandi’. Ou seja, o sujeito não participou, teve reflexos negativos e agora está esperneando. Não é um papel que se espera de um dirigente de clube”, afirmou.

LEIA MAIS

Atacante brasileiro vive artilharia isolada na Segunda Divisão da Tailândia

Vasco confirma quitação dos salários e o 13º de 2018 que estavam atrasados

SporTV x Turner: veja quanto os times vão ganhar com cada canal

(Foto: Divulgação)