Alvo do Inter e sonho da torcida, Aránguiz se pronuncia sobre o seu futuro

Alvo da direção do Inter e tido como “sonho” da torcida colorada, o volante chileno Charles Aránguiz se posicionou sobre o seu futuro em entrevista concedida ao jornalista Cahê Mota, do portal Globoesporte.com. Ele admitiu que foi procurado pelo clube do Beira-Rio e que vai definir o futuro após a disputa da Copa América, no Brasil, no meio do ano.

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Divulgação/Inter

“Em junho, depois da Copa América, vamos resolver meu futuro”, disse, antes de acrescentar. “Os dirigentes e meu representante conversam com muita gente, o Internacional também procurou, mas não estou sabendo de nada”.

O jogador deixou o Inter rumo ao Bayer Leverkusen no segundo semestre de 2015 e tem vivido uma ótima fase no clube alemão, que está em 5° na liga local ainda sonhando com uma vaga à próxima Champions League. Por lá, seu contrato vai até o meio de 2020.

“Nos últimos tempos muita coisa mudou, estamos para conseguir vaga em uma competição europeia, tenho mais um ano de contrato, e o Leverkusen não quer me deixar ir. Não vejo como ruim ficar aqui mais um tempo aqui”.

Direção colorada mantém cautela

O Inter já deixou claro que pretende reforçar o elenco na parada para a Copa América, mas trata com muita cautela a situação de Aránguiz.

“Não existe nada em andamento pelo Aránguiz, como já deixei claro em outras entrevistas. Evidente que a gente acompanha, passo a passo, tudo o que está acontecendo. É um jogador que tem uma ligação forte com o Inter. Ele conhece o clube, fomos nós que o trouxemos em 2014. Se algum momento existir a possibilidade de trazê-lo, não vamos medir esforços. É difícil, é um jogador valorizado, o clube dele está brigando por uma vaga na Champions. Não é uma operação fácil de fazer”, alegou o vice de futebol, Roberto Melo, em entrevista recente.

No Inter, o jogador atuou entre as temporadas de 2014 e 2015 e virou uma espécie de “xodó” da torcida pela regularidade do bom futebol apresentado. Em termos de conquistas, ele esteve no bicampeonato gaúcho destas duas temporadas. Em 2015, ainda, foi titular na campanha semifinalista da Libertadores.

LEIA MAIS:

VÍDEO – Abatido, Lomba recebe apoio dos colegas e D’Ale dispara: “Quantas vezes tu já nos salvou, hein?”

Como o grupo do Inter lidou no vestiário com a falha de Marcelo Lomba

Ex-técnico do Inter defende trabalho de Odair Hellmann: “Logo vai ser campeão”

Kannemann explica virada incrível do Fluminense na Arena: “Culpa nossa”

Siga o autor:

No YouTube

No Instagram