Boliviano da base do Palmeiras se espelha em Scarpa e já jogou no Corinthians

Reformulada desde o início da gestão Paulo Nobre, em 2013, a categoria de base do Palmeiras tem se destacado cada vez mais ano a ano com muitas conquistas nacionais e internacionais além de revelar muitos atletas recentemente.

Marcel Thomé
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Lucas Moreira / Divulgação

O clube também passou a prospectar algumas promessas no mercado exterior como o japonês Daiju Sasaki e o colombiano Iván Angulo, mais recentemente, além do boliviano Robson Matheus, destaque da seleção de seu país no último Sul-Americano sub-17 e que faz parte do elenco juvenil palestrino.

Robson Matheus, inclusive, chegou ao clube após observação do coordenador da base do Verdão, João Paulo Sampaio, quando disputava um torneio internacional com a Bolívia.

Atuava pelo sub-15 do Corinthians e estava disputando o Sul-Americano da categoria. O João Paulo observou minha participação no torneio e me trouxe para o Palmeiras“, explicou a jovem promessa em entrevista ao Torcedores.com.

Na conversa com a reportagem, Robson Matheus explicou ainda sua dupla cidadania brasileira-boliviana, além de revelar seus sonhos para o futuro na carreira de jogador de futebol, além de dizer qual é o jogador que mais admira no elenco profissional do Verdão.

Fabio Menotti/Ag. Palmeiras

Confira a entrevista do meia do Palmeiras:

Torcedores – Explique sua dupla cidadania brasileira-/boliviana.

Minha mãe é boliviana e meu pai brasileiro. Vim para o Brasil quando tinha dez anos. (Além dele, há outro nome da base com dupla nacionalidade: o atacante Aníbal, atualmente no elenco sub-20)

Torcedores – Como foi disputar o Sul-Americano sub-17 pela seleção da Bolívia? Como é a amizade com os demais jogadores bolivianos?

Foi uma experiência maravilhosa. Sempre uma honra defender as cores da seleção de seu país e nesse caso, do país da minha mãe. Os meninos são bem tranquilos, temos uma relação legal e amistosa, sempre sou muito bem tratado, mesmo atuando em outro país.

Torcedores – Você fala espanhol fluente?

Sim, tanto que nas entrevistas pós jogos da seleção sempre falo em espanhol. Fui criado na Bolívia, então fui alfabetizado na língua espanhola.

Torcedores – Qual é o jogador profissional do Palmeiras que você mais admira e se espelha?

Gustavo Scarpa

Torcedores – Qual é o seu sonho no futebol?

Meu sonho é ser um jogador de alto nível no Palmeiras e depois jogar na Europa. Se Deus quiser e com trabalho eu sei que ele vai me recompensar.

Torcedores – O pouco espaço dado aos jogadores da base atualmente no profissional do Palmeiras te preocupa de alguma forma?

Não me preocupa, não. Estou me esforçando para ter a melhor formação possível, trabalhando com empenho todos os dias para me manter em todos campeonatos possíveis enquanto estou na base. Tenho certeza que meu futuro como profissional será consequência de tudo que estou plantando agora e deixo sempre nas mãos de Deus.

LEIA MAIS:

PALMEIRAS RENOVA CONTRATO DE VITÃO E AUMENTA CLÁUSULA PARA VENDA

VEJA QUANTO O PALMEIRAS PRECISA PAGAR PARA FICAR EM DEFINITIVO COM IVÁN ANGULO

BOTAFOGO PODE TER ERIK CONTRA O PALMEIRAS, MAS TERÁ QUE PAGAR; ENTENDA

MERCADO DA BOLA: SÃO PAULO ASSINA CONTRATO COM REVELAÇÃO PARA LATERAL